Correio de Carajás

Reforma continua a preocupar feirantes da Folha 28; Prefeitura tranquiliza

Em nova reunião com o Departamento de Postura, desalojados cobraram esclarecimentos / Foto: Josseli Carvalho
Em nova reunião com o Departamento de Postura, desalojados cobraram esclarecimentos / Foto: Josseli Carvalho
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O drama vivido pelos feirantes da Folha 28 parece estar longe de acabar, pois na manhã desta quarta-feira (27) eles se reuniram com o coordenador de Postura do Município, Túlio Rosemiro, para cobrar esclarecimentos sobre a situação. Acontece que a Prefeitura de Marabá está realizando uma reforma da tradicional feira e, para isso, precisou remover, temporariamente, os vendedores, principalmente, os da pracinha localizada na pequena rotatória que fica no centro da feira.

A aglomeração dos feirantes frenéticos por informações exigiu a presença de Guardas Municipais na reunião / Foto: Josseli Carvalho

Como solução para que os feirantes continuem trabalhando, foi feita uma adaptação no canteiro central que divide as pistas da Avenida VP-8, na Nova Marabá, onde foram construídos 30 boxes. A ideia é deixar a Feira da 28 semelhante a da Getúlio Vargas [na Marabá Pioneira], com cobertura.

Os 30 boxes construídos no estacionamento da VP-8 estão abrigando os feirantes desalojados e que atuam diariamente / Foto: Josseli Carvalho

Apesar disso, ainda há muitos receios por parte dos feirantes, especialmente daqueles que atuam apenas aos sábados e domingos, que vêm da zona rural apenas para vender seus produtos nesses dias.

Leia mais:

Valdir Alves é feirante há 16 anos no ramo de frutas e teme que não retorne para o centro da feira, na pracinha em questão, pois costumava montar sua barraca lá. “A gente sabe que a reforma é para o bem de todos, mas ficamos na incerteza. Acredito que em três meses eu retorne”, estima.

Valdir se vê em meio a incertezas, mas ainda acredita que possa retornar para a pracinha / Foto: Josseli Carvalho

A situação já é diferente para Josilaine, conhecida como Jô da Confecção, que vende roupas aos finais de semana no local há 15 anos. Ela não conseguiu um boxe no estacionamento da VP-8, mas manteve-se montando sua barraca independentemente. “Depois da reunião com o Túlio, fiquei mais tranquila, porque ele garantiu que iremos retornar para a pracinha”, disse, meio aliviada.

Jô da Confecção atua apenas aos finais de semana e ficou desalojada / Foto: Josseli Carvalho

Outros feirantes, como José Vieira, que atua há 30 anos na Feira, se sentiram sensibilizados com os colegas que ficaram sem boxes. “Aqui onde colocaram a gente [estacionamento da VP-8] está bom, estamos conseguindo trabalhar bem. Só que naquele meio [a pracinha] fica muito apertado para todos e entendo que muitos precisam trabalhar, então, me preocupo com eles”, manifestou.

José se mostrou sensibilizado pela situação dos colegas que ficaram desalojados / Foto: Josseli Carvalho

Túlio estava no estacionamento da VP-8 conversando com os feirantes receosos quando a Reportagem do Portal Correio chegou. Ele explicou que todos os afetados pela reforma e que ficaram desalojados ou tiveram que ir para os boxes provisórios retornarão para a pracinha, no prazo de 90 dias, onde espera-se que a obra seja concluída. “O projeto original continua e tudo está dentro do cronograma”, finalizou. (Zeus Bandeira e Josseli Carvalho)

Comentários

Mais

Instituto Cultural Vale: últimos dias de inscrições no Edital Apoia

Instituto Cultural Vale: últimos dias de inscrições no Edital Apoia

As inscrições de projetos no Edital Apoia vão até a próxima sexta-feira, 24. A seleção realizada pelo Instituto Cultural Vale…
Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

O Brasil é o país que mais valoriza a imunização entre oito nações estudadas em um levantamento global feito pelas…
AQNO: CTA ganha embaixador informal, que fala abertamente sobre “posithividade”

AQNO: CTA ganha embaixador informal, que fala abertamente sobre “posithividade”

Chegar até aqui e falar abertamente sobre o HIV não foi um caminho fácil. As dificuldades, o medo, a insegurança,…
Butantan começa a negociar doses da CoronaVac com cinco estados

Butantan começa a negociar doses da CoronaVac com cinco estados

Após cumprir dois contratos que previam a entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde, o…
Sefa apreende 20 mil litros de diesel e 12 mil garrafas de cerveja

Sefa apreende 20 mil litros de diesel e 12 mil garrafas de cerveja

Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), da Unidade de Mercadorias em Trânsito de Carajás, no sudeste do Pará,…
Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas

Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). O lote chegou ao Aeroporto Internacional…