Correio de Carajás

Juiz mantém prisão de Diógenes e ele ficará na Carceragem de Parauapebas

Fotos: reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Em audiência de custódia realizada na tarde de ontem, segunda-feira (1º), o juiz Celso Quim Filho, titular da 1ª Vara Criminal de Parauapebas, homologou a prisão em flagrante de Diógenes dos Santos Samaritano, de 38 anos, e a manteve, sem arbitrar fiança e a convertendo em prisão preventiva. Ele é o principal suspeito pela morte da companheira, Dayse Dyana Sousa e Silva, de 35 anos, ocorrida no último domingo (31).

Na decisão, o magistrado entendeu que a prisão preventiva se dá “em face da necessidade de restaurar a ordem pública, que foi violada em virtude da comoção social, repercussão provocadas pela gravidade do fato, bem como pela reiteração delitiva do réu”.

O magistrado, inclusive, é o mesmo que no último dia 13 de fevereiro condenou o agente de trânsito do Detran a pena de 1 ano, 10 meses e 15 dias de detenção em razão de Ação Penal movida pelo MPPA contra ele em decorrência de violência sofrida pela mulher.

Leia mais:

Ele foi condenado em dois artigos do Código Penal – lesão corporal e ameaça – e um da Lei Maria da Penha, que trata da violência doméstica e familiar contra a mulher. Os episódios de agressão que levaram à condenação, conforme a sentença, ocorreram nos dias 8 e 23 de outubro de 2016. Dayse tinha um filho de quatro anos com Diógenes.

Em relação à prisão em flagrante, a defesa dele pugnou pelo relaxamento, alegando que ele teria se apresentado e não sido preso em flagrante. O magistrado, entretanto, afirma que a autoridade policial narra detalhadamente as diligências efetuadas, que demonstram que a prisão se deu no chamado “flagrante impróprio”, não havendo nenhuma mácula, ao contrário das alegações formuladas pela defesa.

Sobre o assunto, o delegado responsável pela prisão concedeu entrevista detalhando como se deram as diligências, conforme divulgado em material divulgado ontem pelo Portal Correio de Carajás.

A defesa de Diógenes solicitou ele não fosse transferido para o Centro de Recuperação Especial Anastácio das Neves (Crecan), em Santa Izabel, Região Metropolitana do Pará, onde costumeiramente ficam custodiados os presos oriundos de órgãos de segurança pública. A alegação é de que a distância dificultaria o contato da defesa com o agente de trânsito.

O magistrado atendeu o pedido e retificou determinação de transferência, deferindo o pedido de que Diógenes fique custodiado na Carceragem de Parauapebas, na cela que ficam os presos de bom comportamento e que trabalham.

O agente de trânsito foi preso no início da tarde de domingo como principal suspeito da morte da mulher. Diógenes é bastante conhecido em Marabá e Parauapebas, onde foi agente de trânsito do DMTU e do DMTT. Atualmente, é agente do Detran lotado em Parauapebas.

A família dela sustenta que o homem a jogou do segundo piso da casa onde moravam, na Rua Canindé, no Parque dos Carajás, e fugiu em seguida com o filho de ambos. A criança foi localizada com uma babá e o homem no escritório dos advogados que o representam.  (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

Adolescente morre esmagado por “Carreta Furação” em Marabá

Adolescente morre esmagado por “Carreta Furação” em Marabá

Um adolescente de apenas 14 anos de idade morreu esmagado pela Carreta Furação ou “Trem da Alegria”, na noite desta…
Automóvel roubado em Goiânia em 2015 é recuperado em Redenção

Automóvel roubado em Goiânia em 2015 é recuperado em Redenção

Um automóvel com registro de roubo em Goiânia-GO desde 2015 foi recuperado pela Polícia Militar durante ronda ostensiva em Redenção,…
Criança de 5 anos é assassinada com tiro na cabeça em Santana

Criança de 5 anos é assassinada com tiro na cabeça em Santana

Uma criança identificada como Ana Júlia Pantoja, de 5 anos, morreu no fim da tarde desta quarta-feira (15) após levar…
Operação na Vila do Rato prende traficantes do PCC

Operação na Vila do Rato prende traficantes do PCC

Na última terça-feira (15), a 1ª Companhia Independente de Missões Especiais (CIME), realizou uma operação na Vila Canaã (popular Vila…
Rapaz é morto a tiros no quintal de casa

Rapaz é morto a tiros no quintal de casa

No final da manhã de terça-feira (14) dois homens em uma motocicleta modelo Pop chegaram na frente da residência de…
Polícia vê mistério em corpo achado em tanque de combustível

Polícia vê mistério em corpo achado em tanque de combustível

Um assassinato bárbaro foi descoberto em Marabá nesta quarta-feira (15). O corpo de Genilson dos Santos Souza, que estava desaparecido…