Correio de Carajás

Paragominas fora!

Na Resenha

Na Resenha

Chagas Filho

Foto: João Botelho/Paragominas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Paragominas bem que tentou, mas não conseguiu o acesso à Série C do ano que vem. O Jacaré, que tem como capitão o atacante marabaense Aleílson, venceu o Atlético Cearense (CE), na Arena Verde, por 2×1. Mas, como tinha perdido no jogo de ida, no Ceará, por 2×0, ficou de fora logo na terceira fase. Agora, o Atlético CE vai enfrentar a Ferroviária (SP) pelas oitavas de final da competição que leva à Série C 2022. Já o Paragominas só volta a campo no Parazão e o sonho do acesso fica adiado por mais uma temporada.

O belga!

Andréas Pereira está bem demais. Entrou em um time encaixado e sabe muito bem o que fazer. Se o Gerson era o Coringa da Nação, por atuar em várias posições, Andréas Pereira parece o herói do filme Jumper, pois aparece em vários pontos do campo, sempre perto da bola, de forma intensa e acertando muito bem os passes. Hoje ele é tão fundamental no time quanto o quarteto da frente (Arrasca, Everton Ribeiro, Gabigol e BH27) e William Arão.

Leia mais:

Papão na área

O Paysandu segurou o empate sem gols com o Criciúma, na noite de domingo (3), no Heriberto Hülse, e somou seus primeiros pontos no Grupo C do quadrangular da Série C do Campeonato Brasileiro. A partida, que foi a estreia das duas equipes na segunda fase da competição, marca o início da luta pelo acesso à Segundona de 2022. Para o técnico Roberto Fonseca, o empate teve sabor de vitória. Que bom! Falta agora uma vitória com esse mesmo sabor.

Abel critica defesa

As declarações do técnico Abel Ferreira, após o empate do Palmeiras, em casa, com o Juventude (1×1), podem fazer o vestiário escorrer entre os dedos. Em coletiva, ele disse: “Não podemos sofrer o primeiro gol como sofremos… Era fundamental ter segurança, paciência e velocidade. Foram avisados. Os números são claros como água. Temos média de gols sofridos de equipe de rebaixamento. Não me venham falar em retranqueiro. Temos de melhorar o compromisso coletivo defensivamente. É o que essa equipe tem na Libertadores”.

Comentários
Segundinha pegando fogo

Segundinha pegando fogo

O Campeonato Paraense da 2ª Divisão segue pegando fogo. Mas, por enquanto, o Parauapebas segue mais líder do que nunca…
O Brasil dá sono

O Brasil dá sono

Cochilei, acordei, cochilei de novo, levantei, lavei o rosto, bebi um copo d’água e repeti esse ritual umas quatro ou…
Marabazão

Marabazão

A fase de grupos do Campeonato Marabaense de Futebol da 1ª Divisão está se afunilando e a diferença de pontuação…
Paragominas fora!

Paragominas fora!

O Paragominas bem que tentou, mas não conseguiu o acesso à Série C do ano que vem. O Jacaré, que…
Na mira da PF

Na mira da PF

Que o atacante Diego Costa bate um bolão, isso ninguém duvida. Mas fora de campo ele está pisando na bola.…
Lições da derrota

Lições da derrota

Perder por 3×2 em um jogo diante de um adversário parelho é normal. Além disso, competições de mata-mata, como é…