Correio de Carajás

Maurício Ettinger, o debochado

Na Resenha

Na Resenha

Chagas Filho

O apagão no sistema de iluminação do Estádio da Curuzu, justamente no momento em que os jogadores do Remo ergueriam o troféu de Campeão Paraense, foi um episódio que entrou para o folclore do Campeonato Paraense. Esse causo burlesco tem mais um capítulo e o personagem central é o presidente do Paysandu, Maurício Ettinger. Ele usou sua conta no Twitter para debochar da situação.

Metralhadora

Ettinger publicou “Em breve os refletores da Curuzu vão estar prontos para receber o clube na Série C Acredito que o inconveniente não incomodou os rivais, uma vez que passaram tantos anos sem iluminação no seu estádio”. O cartola também direcionou sua metralhadora giratória para a diretoria da Tuna e da Federação Paraense de Futebol (FPF), que teriam também criticado o misterioso apagão. Ettingeer lembrou que a Tuna já ficou sem água no seu estádio e observou que nunca criticou a organização do Campeonato Paraense.

Leia mais:

Galvão campeão

 

Foto: Divulgação

 

Outro personagem que não pode passar batido nesse Campeonato Paraense é João Galvão. O ex-técnico do Águia deixou o time marabaense e, em 16 de dezembro do ano passado, foi anunciado formalmente como coordenador técnico de futebol do Clube do Remo. Sendo assim, Galvão é campeão paraense. Parabéns!

 

 

Comentários
Maurício Ettinger, o debochado

Maurício Ettinger, o debochado

O apagão no sistema de iluminação do Estádio da Curuzu, justamente no momento em que os jogadores do Remo ergueriam…
O ambiente é bom no Águia

O ambiente é bom no Águia

A boa sequência de três vitórias seguidas do Águia de Marabá no Parazão 2022 já deixou o ambiente bem leve…
Wando acertou: Guri entrou bem

Wando acertou: Guri entrou bem

A entrada do volante Guri foi uma ótima sacada do técnico Wando Costa (foto). A mexida adiantou o meia Wendel,…
Não é só pela vitória

Não é só pela vitória

Nada como uma mudança de comando técnico e alguns reforços para o time virar a chave. Foi o que aconteceu…
Os desafios de Wando

Os desafios de Wando

Desde o dia 1º de dezembro do ano passado, até este domingo (6), foram 65 dias entre montagem de comissão…
O Águia não voa

O Águia não voa

O Águia é um time retrancado e lento. É a análise que faço desses dois primeiros jogos. Acredito, inclusive, que…