Correio de Carajás

Unifesspa avalia e apresenta projeto para Canaã em 2021

Atualmente, a Unifesspa oferece seis cursos de graduação em Canaã dos Carajás/ Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Representantes da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e Prefeitura de Canaã dos Carajás se reuniram, na última sexta-feira (15), para fazer um balanço das ações desempenhadas pela Unifesspa na cidade, além de traçar planejamento estratégico para 2021.

A reunião contou com a presença da prefeita da cidade, Josemira Gadelha, secretários municipais, professores da Unifesspa e equipe do Polo de Ensino, Pesquisa, Extensão, Tecnologia e Inovação (Pepeti). Atualmente, a Unifesspa possui sete turmas ativas em Canaã: Duas de agronomia, letras, engenharia civil, mecânica, elétrica e artes visuais.

“Todo o nosso potencial não vale nada se não der retorno para a comunidade. O PEPETI aqui em Canaã dos Carajás atua fortemente cumprindo a nossa função social constitucional, de fazer não só o ensino, mas a pesquisa e extensão, com uma parceria muito forte”, declarou o diretor-geral Pepeti, prof. Diego Macedo.

Leia mais:

Já a prefeita de Canaã dos Carajás enfatizou que o desenvolvimento sustentável de Canaã dos Carajás precisa passar pela educação, e com a relação com a Universidade. “Quando a gente fala de uma cidade que a gente quer que desenvolva, que tenha geração de emprego e renda, isso passa pela educação”, declarou.

Na oportunidade, a secretária de Educação do município, Roselma Milani, destacou que a presença da Unifesspa em Canaã já tem gerado bons frutos e ajudado a mobilizar toda a comunidade escolar. “O que é muito importante é que a Universidade possui hoje uma integração muito forte com a educação básica, a partir dos projetos de extensão e de pesquisa, e isso motiva não só os nossos professores a buscar a ampliação dos seus conhecimentos, como também amplia a visão dos nossos meninos e meninas para buscar as perspectivas de inclusão, iniciação científica e participação na vida acadêmica”, disse. (Fonte Unifesspa)

Comentários

Mais

Pandemia afeta em cheio a maior festa popular de Marabá

Pandemia afeta em cheio a maior festa popular de Marabá

Pelo segundo ano consecutivo, não serão permitidos festejos juninos em Marabá, por causa da pandemia do coronavírus. A decisão foi…
Hemopa registra 6% de aumento no número de bolsas coletadas, entre abril e maio de 2021

Hemopa registra 6% de aumento no número de bolsas coletadas, entre abril e maio de 2021

O Luiz Gustavo tem seis anos e assim como muitos meninos da sua idade, adora jogar futebol. Mas a Beta…
Artista visual marabaense expõe obras oxidadas por grades de ferro

Artista visual marabaense expõe obras oxidadas por grades de ferro

A Fundação Casa da Cultura de Marabá recebe, a partir das 9 horas desta terça-feira, 15, a Exposição “Rendas de…
Tudo sobre foguete gigante da Nasa que vai levar astronautas à Lua e a Marte

Tudo sobre foguete gigante da Nasa que vai levar astronautas à Lua e a Marte

A Nasa tem planos de enviar um homem e uma mulher à superfície lunar ainda nesta década — será o…
Servidor da Cadeia de Parauapebas responde processo por disparo de arma

Servidor da Cadeia de Parauapebas responde processo por disparo de arma

O corregedor-geral penitenciário do Pará em exercício Vitor Ramos Eduardo instaurou Processo Administrativo Disciplinar visando apurar responsabilidade administrativa e funcional…
Posts exageram impacto da doação de máquinas israelenses que produzem água

Posts exageram impacto da doação de máquinas israelenses que produzem água

Imvestigado por: Verificado  por: Enganoso Posts enganam ao insinuar que, sob a gestão de Bolsonaro, o sertão brasileiro vai se…