Correio de Carajás

Tocaia e morte na Praia do Meio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

No final da manhã desta quarta-feira (4), mais um assassinato se registrou dentro do município de Marabá. A vítima foi identificada como Genival de Jesus, de 41 anos, morto a tiros no momento em que abria um colchete para entrar em sua propriedade, junto com um amigo. O assassinato aconteceu na chácara Jacarezinho, a cerca de 20 km da localidade conhecida como Praia do Meio.

De acordo com as primeiras informações que chegaram ao cabo Valnei, da Polícia Militar, a vítima e um amigo identificado como Albino Ferreira voltavam para a chácara de Genival, para almoçar, depois de terem trabalhado numa roça um pouco distante dali. Eles estavam numa moto. Ao chegar em frente ao cercado, a vítima desceu da garupa e foi abrir a porteira. Nesse momento, Albino relata que escutou um disparo e quando olhou para Genival novamente, este já estava caído no chão.

Em seguida – continua o policial – o sobrevivente disse ter escutado uma voz mandando ele correr, ao que ele obviamente obedeceu. Mas quando alcançou certa distância, olhou para trás e viu três criminosos saindo de dentro do mato, um deles com uma arma longa (provavelmente uma cartucheira de cano serrado), e em seguida escutou mais disparos. Eram os pistoleiros terminando o “serviço”.

Leia mais:

Desesperado, Albino Ferreira passou a pedir socorro aos moradores da localidade, a quem contou o que tinha acabado de acontecer. Passados alguns minutos, os vizinhos foram até a porteira e encontraram o corpo de Genival já sem vida e crivado de balas. No local foram encontradas oito cápsulas de pistola 380, certamente a arma utilizada para concluir a execução.

A essa altura, um irmão da vítima, Edeval de Jesus, já foi avisado e a polícia foi acionada por meio de outro morador das redondezas. Iniciava-se ali uma busca por alguma pista que pudesse levar aos acusados e também à motocicleta da vítima, que, de fato, foi encontrada por populares um pouco distante, dando a entender que os bandidos usaram a moto apenas para ajudar na fuga e pegaram outro veículo que estaria escondido mais adiante.

O caso agora será repassado para o Departamento de Homicídios da Polícia Civil em Marabá, cuja titular é a delegada Raíssa Beleboni, que deve abrir inquérito e ouvir pessoas ligadas à vítima e também a testemunha para tentar elucidar mais um assassinato. 

 

Saiba Mais

Está claro para a polícia que os criminosos sabiam toda a rotina da vítima, inclusive a hora que ele iria passar pela porteira. Aliás, os policiais que atenderam a ocorrência identificaram no matagal o local usado pelos bandidos para se esconderem, aguardando a chegada do seu alvo.

 (Chagas Filho com informações de Josseli Carvalho)

Foto: Divulgação

 

No final da manhã desta quarta-feira (4), mais um assassinato se registrou dentro do município de Marabá. A vítima foi identificada como Genival de Jesus, de 41 anos, morto a tiros no momento em que abria um colchete para entrar em sua propriedade, junto com um amigo. O assassinato aconteceu na chácara Jacarezinho, a cerca de 20 km da localidade conhecida como Praia do Meio.

De acordo com as primeiras informações que chegaram ao cabo Valnei, da Polícia Militar, a vítima e um amigo identificado como Albino Ferreira voltavam para a chácara de Genival, para almoçar, depois de terem trabalhado numa roça um pouco distante dali. Eles estavam numa moto. Ao chegar em frente ao cercado, a vítima desceu da garupa e foi abrir a porteira. Nesse momento, Albino relata que escutou um disparo e quando olhou para Genival novamente, este já estava caído no chão.

Em seguida – continua o policial – o sobrevivente disse ter escutado uma voz mandando ele correr, ao que ele obviamente obedeceu. Mas quando alcançou certa distância, olhou para trás e viu três criminosos saindo de dentro do mato, um deles com uma arma longa (provavelmente uma cartucheira de cano serrado), e em seguida escutou mais disparos. Eram os pistoleiros terminando o “serviço”.

Desesperado, Albino Ferreira passou a pedir socorro aos moradores da localidade, a quem contou o que tinha acabado de acontecer. Passados alguns minutos, os vizinhos foram até a porteira e encontraram o corpo de Genival já sem vida e crivado de balas. No local foram encontradas oito cápsulas de pistola 380, certamente a arma utilizada para concluir a execução.

A essa altura, um irmão da vítima, Edeval de Jesus, já foi avisado e a polícia foi acionada por meio de outro morador das redondezas. Iniciava-se ali uma busca por alguma pista que pudesse levar aos acusados e também à motocicleta da vítima, que, de fato, foi encontrada por populares um pouco distante, dando a entender que os bandidos usaram a moto apenas para ajudar na fuga e pegaram outro veículo que estaria escondido mais adiante.

O caso agora será repassado para o Departamento de Homicídios da Polícia Civil em Marabá, cuja titular é a delegada Raíssa Beleboni, que deve abrir inquérito e ouvir pessoas ligadas à vítima e também a testemunha para tentar elucidar mais um assassinato. 

 

Saiba Mais

Está claro para a polícia que os criminosos sabiam toda a rotina da vítima, inclusive a hora que ele iria passar pela porteira. Aliás, os policiais que atenderam a ocorrência identificaram no matagal o local usado pelos bandidos para se esconderem, aguardando a chegada do seu alvo.

 (Chagas Filho com informações de Josseli Carvalho)

Foto: Divulgação

 

Comentários

Mais

Homem é assassinado no meio da rua no Bairro São Félix

Homem é assassinado no meio da rua no Bairro São Félix

Um homem, identificado como José Ribamar Oliveira, de 33 anos, foi morto a golpes de faca na madrugada de domingo…
Moto furtada em Parauapebas é encontrada na Vila Sororó

Moto furtada em Parauapebas é encontrada na Vila Sororó

Uma motocicleta furtada na cidade de Parauapebas, no último dia 8 de abril, foi encontrada na tarde deste domingo (18)…
Briga de vizinhos termina em morte na Folha 33

Briga de vizinhos termina em morte na Folha 33

Por volta das 5 horas da manhã deste domingo (18), Washington Santos Batista, 41 anos, recebeu golpes de arma branca…
Homem é assassinado na Feira do Rio Verde quando jogava bozó

Homem é assassinado na Feira do Rio Verde quando jogava bozó

Por volta das 13h deste domingo (18) um homem identificado como Pedro Alife Reis França foi assassinado na Feira do…
Colisão de motos deixa dois mortos e um ferido no bairro Betânia

Colisão de motos deixa dois mortos e um ferido no bairro Betânia

Por volta das 15 horas deste sábado (17), uma colisão frontal entre duas motos no bairro Betânia, em Parauapebas, resultou…
Trio é detido por tráfico no bairro Altamira

Trio é detido por tráfico no bairro Altamira

Na noite desta sexta-feira (16), a policia autuou três jovens por tráfico de drogas no bairro Altamira, em Parauapebas. Viniciu…