Correio de Carajás

Sinfra apresenta projeto arquitetônico do Prédio de Laboratórios na Unidade III do Campus de Marabá

A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) concluiu a elaboração do projeto arquitetônico do Prédio de Laboratórios da Unidade III do Campus de Marabá. A nova estrutura terá uma área de 2.363 m2 e abrigará 23 laboratórios de diferentes áreas de ensino. Os detalhes do projeto foram apresentados pelo secretário de infraestrutura da Unifesspa, Lucas França, à Reitoria, à Pró-Reitoria de Ensino de Graduação e ao Instituto de Ciências Exatas (ICE), unidade acadêmica que originou a demanda de construção e que deverá ocupar a maior parte dos espaços.

“Inicialmente, o projeto visava atender a uma necessidade específica do ICE, no entanto, visando reduzir custos, o projeto foi elaborado de modo a contemplar também a necessidade de espaços para laboratórios de outros institutos da Unifesspa”, explicou Lucas França. Durante a apresentação do projeto, realizada no último dia 21 de junho, no Gabinete da Reitoria, o reitor da Unifesspa, Maurílio Monteiro, o pró-reitor de Ensino de Graduação, Elias Fagury, a diretora do ICE, Joana Luiza Pires Siqueira e o diretor adjunto do ICE, Rodrigo do Monte Gester, tiraram dúvidas sobre o projeto e destacaram as medidas de segurança propostas pelo projeto, que prevê uma área de manutenção segregada da circulação comum, visando a segurança dos alunos e servidores que circularem pelo espaço físico.

Estrutura de laboratórios

Leia mais:

Os laboratórios terão tamanhos diferenciados, entre 55 m2 e 72 m2 e o prédio contará, ainda, com área administrativa, banheiros e elevador. Outro destaque é o espaço destinado para almoxarifado, sendo um para equipamentos e outro para reagentes. De acordo com o secretário, o projeto é flexível, com tubulações aparentes, permitindo fácil adaptação da estrutura para atender às necessidade de diferentes laboratórios.

O projeto arquitetônico foi elaborado pela equipe da Divisão de Obras e Serviços de Engenharia da Sinfra. A partir de agora, caberá à Proeg iniciar as discussões sobre a utilização dos espaços, com levantamento de necessidades emergenciais, para que o projeto seja detalhado e concluído, de acordo com as especificações de cada Instituto. A expectativa é que a obra seja licitada em 2018.

(Divulgação/Unifesspa)

A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) concluiu a elaboração do projeto arquitetônico do Prédio de Laboratórios da Unidade III do Campus de Marabá. A nova estrutura terá uma área de 2.363 m2 e abrigará 23 laboratórios de diferentes áreas de ensino. Os detalhes do projeto foram apresentados pelo secretário de infraestrutura da Unifesspa, Lucas França, à Reitoria, à Pró-Reitoria de Ensino de Graduação e ao Instituto de Ciências Exatas (ICE), unidade acadêmica que originou a demanda de construção e que deverá ocupar a maior parte dos espaços.

“Inicialmente, o projeto visava atender a uma necessidade específica do ICE, no entanto, visando reduzir custos, o projeto foi elaborado de modo a contemplar também a necessidade de espaços para laboratórios de outros institutos da Unifesspa”, explicou Lucas França. Durante a apresentação do projeto, realizada no último dia 21 de junho, no Gabinete da Reitoria, o reitor da Unifesspa, Maurílio Monteiro, o pró-reitor de Ensino de Graduação, Elias Fagury, a diretora do ICE, Joana Luiza Pires Siqueira e o diretor adjunto do ICE, Rodrigo do Monte Gester, tiraram dúvidas sobre o projeto e destacaram as medidas de segurança propostas pelo projeto, que prevê uma área de manutenção segregada da circulação comum, visando a segurança dos alunos e servidores que circularem pelo espaço físico.

Estrutura de laboratórios

Os laboratórios terão tamanhos diferenciados, entre 55 m2 e 72 m2 e o prédio contará, ainda, com área administrativa, banheiros e elevador. Outro destaque é o espaço destinado para almoxarifado, sendo um para equipamentos e outro para reagentes. De acordo com o secretário, o projeto é flexível, com tubulações aparentes, permitindo fácil adaptação da estrutura para atender às necessidade de diferentes laboratórios.

O projeto arquitetônico foi elaborado pela equipe da Divisão de Obras e Serviços de Engenharia da Sinfra. A partir de agora, caberá à Proeg iniciar as discussões sobre a utilização dos espaços, com levantamento de necessidades emergenciais, para que o projeto seja detalhado e concluído, de acordo com as especificações de cada Instituto. A expectativa é que a obra seja licitada em 2018.

(Divulgação/Unifesspa)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.