Ads

> O governador do Pará, Helder Barbalho, recebeu nesta quarta-feira, dia 24, o CEO da Correias Mercúrio, Ivan Ciruelos, que apresentou ao chefe do Executivo estadual o projeto de expansão da capacidade da fábrica no Distrito Industrial de Marabá. A empresa está instalada no Pará há cerca de três anos e gera 200 empregos diretos e indiretos.

Ads

> Ivan Ciruelos contou ao governador do Estado um pouco da história da Mercúrio, que surgiu há 75 anos e atua em mais de 40 segmentos industriais distintos, produzindo, principalmente, correias transportadoras.

> Segundo ele, a unidade de Marabá, inaugurada em 2016, é a primeira e única a fabricar correias transportadoras no Norte do País, que hoje já são exportadas para países como Chile e Peru.

> O chefe da Mercúrio também apresentou os planos da companhia para o futuro, que preveem a construção de uma nova Unidade de Produção de Compostos de Borracha também no Distrito Industrial de Marabá, onde a empresa já adquiriu uma nova área, com cerca de 50 mil metros quadrados. Esse novo empreendimento deve gerar, ao longo de alguns anos, mais 100 postos de trabalho.

> Depois de ter sido assunto esta semana em Marabá, por vídeo que circula nas redes sociais, o ex-prefeito João Salame será alvo de um jantar hoje (25) numa residência do Bairro Belo Horizonte, pretensamente organizado por amigos. Uma arte foi divulgada aos convidados chamando para o “Churrasco do João”.

> Uma raposa velha da política era vista comentando ontem que não consegue ver como obra do acaso o reaparecimento de Salame, que certamente há uma movimentação política no que ele tem feito.

> Não é demais lembrar que no tal vídeo em que ele se diz injustiçado, ele cita o atual prefeito Tião Miranda, estabelecendo comparação entre o seu governo e o dele.

 

Ads