Foto: Divulgação
Ads

O olhar atento e a ação rápida de policiais militares lotados em três diferentes núcleos de Marabá foram imprescindíveis para que a vida de uma mulher de 50 anos fosse salva na manhã de hoje, quinta-feira (25), em Marabá.

Ads

Ao que tudo indica, ela se jogou da ponte rodoferroviária do Rio Tocantins, que liga os núcleos Nova Marabá e São Félix. No momento da queda, a guarnição da Polícia Militar de Morada Nova passava pelo local e percebeu o ato.

Rapidamente, via Núcleo Integrado de Operações Policiais (Niop-190), outras duas viaturas próximas do rio foram acionadas, uma de cada margem, na Nova Marabá e em São Félix. Segundo o cabo Paulo Coelho, que participou do resgate junto do colega M. Diogo, os dois estavam na Folha 12 quando foram chamados.

“Como éramos os mais próximos nos deslocamos e pedimos apoio do barqueiro, o Arão. Estávamos sendo direcionados pelo sargento Antônio Soares que estava em cima da ponte. Eles ficaram sinalizando onde ela estava, com apoio de uma viatura do São Félix na margem”, explicou.

De acordo com ele, a extensão do rio dificultava que os militares que estavam no barco visualizassem a mulher, por isso a participação das demais guarnições foi de suma importância. “Foi uma grande mobilização para salvar essa vida, sentimos pequena dificuldade até chegar nela e quando a encontramos ela estava já bastante longe da ponte e flutuando. Ela estava respirando, já bastante cansada, só escutamos os gemidos dela”, relatou.

O cabo Paulo Coelho e o soldado M. Diogo foram os responsáveis por tirar a mulher da água/ Foto: Evangelista Rocha

Os policiais conseguiram puxar a mulher da água e colocá-la na embarcação, levando-a até a rampa da Folha 08, onde uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros já aguardava. “Ela está visivelmente com o braço quebrado, os bombeiros fizeram os primeiros socorros, levando ela em seguida para o hospital”.

O cabo afirma que a mulher não falou nada sobre o ocorrido, até porque estava muito ofegante. “Estamos indo até o hospital para esperar ela se recuperar um pouco e tentarmos entender o ocorrido, mas até o momento a informação é de que ela se jogou”.  O major Oeiras, que passou a acompanhar o socorro, elogiou a atuação dos colegas. “A guarnição demonstrou iniciativa e presteza, foi rápida a mobilização e a pessoa está com vida”, comentou o oficial.

Um veículo Fiat que está parado em cima da ponte causa pequeno congestionamento no local. O condutor não foi identificado enquanto a ação se desenrolava e a Polícia Militar não soube informar, ainda, se o carro pertence à mulher ou se está parado no local por outro motivo. (Luciana Marschall – com informações de Evangelista Rocha)

 

 

Ads