Ads

Casa de ferreiro…

Ads

Ao contrário do que se poderia depreender, a sede do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTU), órgão da Secretaria Municipal de Segurança Institucional, é um dos endereços menos desguarnecidos da cidade de Marabá. Isso mesmo. O prédio fica bem localizado, na Folha 32, em tese um bairro nobre, porém o estacionamento interno fica voltado para uma rua totalmente escura e com os portões escancarados 24 horas por dia, sem porteiro ou similar.

Amigo do alheio

Como aos bandidos e aos descuidistas, meia porta aberta é uma senhora vantagem e oportunidade, é lógico que o DMTU não tardaria a ser alvo. Foi o que aconteceu na madrugada de 23 de julho, quando um ladrão, sozinho, sem ser importunado, entrou no local e levou consigo oito pares de retrovisores das motos de patrulha de trânsito. Os funcionários só perceberam pela manhã, quando chegaram para trabalhar. O assunto inicialmente foi mantido em sigilo, mas o CORREIO acabou sabendo por um vizinho do imóvel, que também já foi vítima de criminosos.

Mudança no Incra

O engenheiro civil Antônio Miranda Sobrinho é o novo superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para o Sul do Pará – SR-27. A nomeação dele foi assinada pelo chefe da Casa Civil da Presidência, Onyx Lorenzoni, e publicada no Diário Oficial da União do dia 23. Ele substitui na função Valciney Gomes, ex-prefeito de Palestina do Pará, que vinha respondendo desde o ano passado, ainda no governo Temer.

Manipulação de alimentos

Cerca de 15 educandos da Carceragem de Parauapebas (CP) participam do curso de manipulação de alimentos voltado para a profissionalização dos internos da unidade. A capacitação é mais uma parceria entre a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Manipulação de alimentos II

O objetivo é oferecer aprendizado e capacitação aos internos, como oportunidade de trabalho para quando estiverem fora do cárcere, além de ser uma forma de ocupar a mente e o tempo. O curso tem a carga de 40 horas e encerra nesta sexta-feira (26), com a entrega dos certificados de conclusão.

Ministro no Pará

O ministro Abraham Weintraub (Educação) discutiu com um grupo de jovens paraenses na noite de segunda-feira (22). Ele jantava com a mulher e filhos em uma praça de Santarém (PA), durante uma viagem com a família. O grupo, da ONG engajamundo, estava com cartazes contra cortes de recursos de universidades públicas e entregou uma kafta ao ministro. Em audiência na Câmara, Weintraub chegou a confundir o sobrenome do escritor Franz Kafka com o da iguaria árabe.

Ministro no Pará II

Após a situação, Weintraub pegou um microfone dos músicos que se apresentavam no local e respondeu às críticas do protesto. Também falou mal de governos petistas. Foi vaiado pelos que estavam no local e deixou o restaurante com a família.

Ads