Correio de Carajás

Repórter Correio 25/02/2021

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nova fronteira

O Grupo Revemar estreou esta semana a sua operação no Estado do Mato Grosso, com a abertura da loja Revemar Campo em Canarana e outras duas lojas, todas na região do Vale do Araguaia. Ali, a empresa já emplaca vendas do maquinário Massey Ferguson, como colheitadeiras de alta tecnologia que vão atender a fazendas de soja. A ideia do grupo é avançar ao longo da BR-158, que liga o Mato Grosso ao Pará.

Cadastro ambiental

Leia mais:

Ipixuna do Pará é o 21° município habilitado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) para realizar a análise e validação do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Docas do Pará

O Conselho de Administração da Companhia Docas do Pará (CDP) aprovou ontem o nome de Alexandre Ernesto Corrêa Sampaio para novo diretor de gestão portuária. Ele substitui José Alfredo de Albuquerque e Silva que não vai completar sequer um ano na função. Sampaio é Capitão de Mar-e-Guerra da Marinha do Brasil e é Mestre em Ciências Navais pela Escola de Guerra Naval.

Privatização de aeroportos

Conforme adiantado aqui pelo CORREIO ainda no final do ano passado, o Governo Federal está agilizando a concessão dos aeroportos João Correa da Rocha (Marabá), Carajás (Parauapebas) e Val-de-Cans (Belém), entre outros, dentro do Programa Nacional de Desestatização (PND). O Ministério da Economia publicou em 23 de fevereiro no Diário Oficial da União (DOU) a qualificação desses empreendimentos para o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), o que permitirá a concessão. O Ministério da Infraestrutura e a Agência Nacional de Aviação Civil terão papel preponderante na próxima fase, com o modelo e os procedimentos, respectivamente.

Mais uma

A vacina contra covid-19 de uma dose da Johnson & Johnson pareceu eficaz e segura em testes, disseram funcionários da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) em documentos publicados nesta quarta-feira, abrindo caminho para sua aprovação para uso emergencial. A comissão de especialistas independentes da FDA se reúne na sexta-feira para decidir se aprova a vacina. Embora não tenha obrigação de seguir o conselho de seus especialistas, a FDA o fez ao autorizar as vacinas da Pfizer e da Moderna.

Mais uma II

A vacina da J&J foi 66% eficaz na prevenção da covid-19 de diversas variantes em um teste global com quase 44 mil pessoas, informou a empresa no mês passado. Sua eficácia variou de 72% nos EUA a 66% na América Latina e 57% na África do Sul, onde uma variante nova se dissemina, mas no geral a vacina foi 85% eficaz para impedir casos graves da doença

Cheia?

Nível do rio Tocantins bateu no final da tarde de ontem (24) exatos 9 metros acima do normal. Não é demais lembrar que a cota de alerta é aos 10 metros. A subida foi de 25 centímetros em 24 horas.

Comentários

Repórter Correio

Pensões especiais A Procuradoria-Geral (PGE) do Estado do Pará informou que os pagamentos de pensões especiais que estavam sendo realizados…

Repórter Correio

Marabá x Vale O clima azedou entre a Câmara de Marabá e a mineradora Vale. Isso devido ao fato da…

Repórter Correio

Vacinação Apesar da Prefeitura de Marabá ter divulgado no início da semana que os postos de saúde estavam aguardando as…

Repórter Correio

Duelo de gigantes Gigante do comércio varejista no Brasil, a Casas Bahia está finalmente fincando bandeira em Marabá e vai…

Repórter Correio

Grupo Revemar Sob a batuta de Winston Diamantino, a Revemar segue se consolidando também como o maior grupo varejista de…

Repórter Correio

Mortes no cruzamento Parece que finalmente as autoridades públicas vão tomar providências mais efetivas para fazer frente aos recentes acidentes…