Correio de Carajás

Repórter Correio 24/08/19

Caos no transporte

A paralização promovida pelos rodoviários em Marabá, deixou os usuários sem transporte por menos de 24 horas, mas foi suficiente para mostrar que a situação segue crítica e a cada dia mais tensa. Os trabalhadores não sabem mais o que fazer, com as rendas comprometidas, sem receber a íntegra dos salários e o problema respingando no usuário. Não é de hoje que o CORREIO alerta que passou da hora da Prefeitura de Marabá adotar uma postura mais ativa e enérgica para regularizar um serviço que é seu, é público, sob concessão.

Reação

Leia mais:

Em nota oficial divulgada ontem e assinada pelo presidente Carlos Xavier, a Federação da Agricultura do Pará (Faepa) fala sobre Amazônia e soberania. Para a entidade, não é de hoje que grupos estrangeiros vêm realizando manobras a pretexto de considerar a Amazônia área de interesse global. “Mascaradas pelos factoides de supostas devastações que influenciariam negativamente nas alterações climáticas, as ações perniciosas dos que tramam às escâncaras contra a política de desenvolvimento amazônico, com a impatriótica colaboração interna dos opositores esquerdistas do atual governo federal, ganharam força nestes últimos dias…”, diz o documento.

Reação II

Mais, ainda, diz que os discursos sobre “devastações” e seus “impactos” nas alterações climáticas, em verdade são “pano de fundo” para acobertar as reais intenções e os interesses camuflados dos grupos econômicos “que patrocinam essas falácias”. Destaca, ainda, a Faepa: “A realidade histórica comprova que 99,7% das florestas de 28 países europeus foram derrubadas para lhes garantir desenvolvimento, faltando-lhes, pois, qualquer autoridade para nos impor sanções ou restrições, pois nossa livre consciência ambiental tem presidido a política de conservação e preservação da Amazônia (os dois maiores estados da Região, Amazonas e Pará, detém, respectivamente, 92% e 76% de suas coberturas vegetais nativas)”.

Contratação

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), localizado em Marabá, e o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, oferecem mais de dez vagas de emprego. Os interessados devem cadastrar o currículo no site prosaude.org.br/trabalheconosco, indicando as vagas desejadas pelo município. As oportunidades de emprego também contemplam pessoas com deficiência (PCD).

Contratação II

No Hospital Regional em Marabá há vagas para psicólogo clínico, jovem aprendiz, enfermeiro e técnico em enfermagem. No Oncológico Infantil, as oportunidades são para auxiliar de higiene e limpeza, auxiliar de lavanderia, assistente de suprimentos, brinquedista, copeiro hospitalar, recepcionista, técnico em enfermagem, técnico de laboratório e terapeuta ocupacional.

Lembrança

No último dia 22 de agosto completou seis anos do falecimento do ex-bispo de Marabá dom José Foralosso, religioso que marcou bastante a vida dos fieis católicos da cidade, no seu período de titular da Diocese.

Comentários

Repórter Correio

Curionópolis Primeira prefeita da história de Curionópolis, Mariana Chamon segue marcando sua passagem pelo cargo com obras estruturais importantes. Só…

Repórter Correio

Ponte do Araguaia Não tem um dia que não seja de trabalho na obra de construção da ponte sobre o…

Repórter Correio

Madeira Entre janeiro e maio de 2022, as exportações de madeira do Pará cresceram 89% em valor arrecadado e 4%…

Repórter Correio

Não resistiu O empresário Erivan Leite, muito conhecido como Erivan da Navire, nome da empresa de transportes que manteve em…

Repórter Correio

Coincidência O surgimento de uma menina perdida, de aproximadamente 10 anos de idade e com características muito similares a de…

Repórter Correio

Estudante haitiano Tão logo foi confirmada a morte do estudante haitiano John Peter Saint Fleur na Serra das Andorinhas, a…