Correio de Carajás

Repórter Correio 23/01/2021

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais UTI’s em Marabá

Marabá deve ganhar entre 8 a 12 leitos de UTI no Hospital Municipal para pacientes com covid-19, em parceria com o Governo do Pará. A informação foi confirmada ontem ao CORREIO pelo secretário regional de governo, João Chamon. A iniciativa foi do governador Helder Barbalho e o prefeito Tião Miranda recebeu bem a ideia. “Estamos caminhando nessa tratativa e na próxima semana pode se consolidar essa parceria e essa conquista”, comemora Chamon.

Esgotadas

Leia mais:

A ocupação de leitos de UTI ontem em Marabá era de 92%, algo preocupante. A Subseção da OAB havia oficiado ao Governo do Pará solicitando a reativação do Hospital de Campanha, diante do novo aumento no número de casos e internações pelo novo coronavírus. A ideia da parceria entre Estado e Município chega nesse momento, como uma resposta mais imediata à demanda.

Escola Estadual

Por falar em Estado do Pará, uma equipe técnica da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) esteve em Marabá esta semana para visita técnica à Escola Plínio Pinheiro. O educandário vai passar por obras de reforma, com investimento de R$ 1,7 milhão, segundo o professor Ronildo Sales, titular da 4ª URE.

Covid

A Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) confirmou nesta sexta-feira (22) mais 1.700 casos de infectados com o novo coronavírus e 17 óbitos. Agora, são 317.876 casos e 7.487 óbitos no estado. De acordo com o boletim, foram registrados 156 novos casos de Covid-19 e 5 óbitos nos últimos sete dias, além de 1.544 casos e 12 óbitos ocorridos em dias anteriores.

Covid II

O Pará possui, até então, 296.931 recuperados, 49.721 casos descartados e 2.199 casos em análise. Em relação à ocupação de leitos na rede estadual, o Pará tem 49.66% dos leitos clínicos e 68.46% das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. De acordo com a Sespa, já foram realizados 504.668 testes rápidos e 125.928 testes de PCR para Covid-19, até então.

Após carteirada

A Justiça de São Paulo condenou o desembargador Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira a indenizar o guarda civil municipal Cícero Roza Neto. Em julho do ano passado, o magistrado foi filmado em uma abordagem em que se recusava a usar a máscara facial e se dirigia de forma desrespeitosa ao guarda, em Santos, no litoral paulista.

Após carteirada II

O juiz José Alonso Beltrame Júnior entendeu que Siqueira humilhou o guarda e determinou o pagamento de R$ 20 mil, com juros de 1% ao mês a partir da data do ocorrido. “Não é preciso esforço para compreender os sentimentos de humilhação e menosprezo vivenciados pelo requerente, decorrentes dos fatos acima descritos, mais do que suficientes para autorizar o reconhecimento do prejuízo extra- patrimonial indenizável”, diz o juiz na sentença que determinou o pagamento pelos danos morais.

Comentários

REPÓRTER CORREIO

Aprovados convocados A Prefeitura Municipal de Marabá convoca 10 candidatos aprovados no concurso Público Municipal de nº 001/2018 para, no…

Repórter Correio

Chuva, ventania e caos Moradores do Bairro Novo Horizonte entraram em contato com o Jornal Correio para falar sobre o…

REPÓRTER CORREIO

Abarrotados de vacina Na região sudeste do Pará, apenas Marabá e Parauapebas estão conseguindo dar vazão às vacinas contra covid-19.…

REPÓRTER CORREIO

PASSEIO CICLÍSTICO Este sábado, 11, amanheceu com centenas de ciclistas ocupando a rodovia BR-230, a Transamazônica, no trecho que vai…

REPÓRTER CORREIO

Inteligência artificial O Serviço de Videomonitoramento tem sido vital para identificação de crimes e ajudar no combate à criminalidade no…

REPÓRTER CORREIO

Nova frota de ônibus O secretário de Segurança Institucional de Marabá, Jair Guimarães, confirmou a chegada de oito novos ônibus…