Ads

Perdeu a essência

Ads

Enquanto o controle do transporte de passageiros por aplicativo está sendo discutido pela Câmara de Marabá, os próprios motoristas de Uber na cidade vão colaborando para destruir a imagem do negócio e que faz dessa modalidade tão atrativa. É que dezenas de usuários acionaram a Imprensa nos últimos dois dias denunciando cobranças de até R$ 80 promovidas pelos motoristas na ida ou volta da Expoama, à noite, em corridas que o aplicativo projetava em no máximo R$ 20.

Perdeu a essência II

A jogada é a seguinte: o usuário aciona o carro por aplicativo, recebe a projeção “verdadeira” da viagem até o Parque de Exposição, o motorista aceita a viagem, mas ao chegar até o cliente, avisa que não compensa fazer o trajeto pelo valor que o Uber paga e que só aceita pelo valor X, até quatro vezes mais caro. Quantia paga “por fora”, obviamente, de forma que junto à operadora do Uber o motorista desempenhou o trabalho dentro das regras.

Não convenceu

Bombardeados de críticas, os motoristas por aplicativo difundiam um texto ontem via Whatsapp, tentando se defender, e alegando que a corrida ao parque é inviável financeiramente ao motorista. Bem, não é o compromisso que o condutor assume junto ao aplicativo quando adere ao mesmo. Os usuários, ao não denunciarem e ainda aceitarem o pagamento “por fora” também prejudicam ao próprio sistema que os atende.

Revemar

Winston Diamantino está aportando em Belém com a Revemar Comércio de Máquinas, representando a marca JCB na região metropolitana. A nova revenda do grupo na Capital está localizada na BR-316 e promete abocanhar uma fatia do mercado de maquinário pesado. Além disso, o grupo dos Diamantino está levando a mesma JCB para os estados do Amapá, Roraima e Amazonas.

Formação

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) inicia a implementação do “Programa Forma Pará”, que disponibiliza vagas em cursos superiores nas principais regiões do Pará, em parceria com universidades e prefeituras. Nesta sexta-feira (12) foram publicados os editais de abertura de processos seletivos especiais desta primeira fase do Programa, que contempla 16 municípios, totalizando 1.100 vagas em nove cursos ofertados na UEPA, UFPA e Unifesspa.

Formação II

As inscrições preliminares começarão na próxima terça-feira (16) e prosseguem até o dia 22, pelo site www.portalfadesp.org.br, da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), instituição que realizará os processos seletivos. São priorizados municípios onde não há campus universitário ou onde não são ofertadas vagas para os cursos oferecidos pelo Programa. Nessa primeira fase, aqui na região, estão contemplados: Goianésia do Pará (Engenharia Civil/UFPA), Redenção (Engenharia Civil/Unifesspa) e Tucuruí (História/UFPA e Turismo/UFPA).

Ads