Correio de Carajás

Repórter Correio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Enchente

Embora lentamente, o nível do Rio Tocantins voltou a apresentar baixa e ontem estava em 8,34 metros acima do normal. Segundo o Boletim de Vazões e Níveis da Eletronorte, vai seguir com baixas até 8,19 metros no dia 6.

Dado assustador

Leia mais:

Três em cada quatro brasileiros perderam alguém para a Covid-19, indicou um levantamento divulgado nesta segunda-feira, 3, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Entre aqueles que conhecem alguém que morreu na pandemia, 53% disseram ter perdido um amigo, 25% um parente que mora em outra residência e 15% um colega de trabalho.

Pesquisa

Os porcentuais, que fazem parte da pesquisa “Os brasileiros, a pandemia e o consumo”, divulgado hoje pela CNI, são indícios do impacto da pandemia do novo coronavírus sobre as famílias brasileiras. Até a noite de domingo, mais de 407 mil pessoas já haviam morrido de covid-19 no País, conforme dados compilados pelo consórcio dos veículos de imprensa.

No MPPA

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Pará, César Mattar Jr., recebeu a visita institucional do cônsul honorário do Líbano no Pará, Makram Douraid Said. O cônsul desejou sucesso ao procurador-geral de justiça – empossado no último dia 12 de abril – a frente do Ministério Público. César Mattar é brasileiro de origem libanesa, foi presidente da Federação Libanesa do Pará e vice-presidente do Clube Monte Líbano. Atualmente, o estado possui cerca de 400 mil libaneses, entre descendentes e ascendentes, em todos os municípios.

Hospital da PM

O governador Helder Barbalho assinou autorização para início das obras de modernização e readequação do Hospital da Polícia Militar, em Belém. Os serviços irão permitir a reabertura da unidade hospitalar militar, que está fechada há 10 anos. O investimento do Governo do Estado é da ordem de R$ 2,73 milhões. A previsão de duração da obra é de 10 meses. Ao todo, serão abertos 25 leitos, sendo 19 adultos e seis infantis. O público-alvo do hospital serão militares e seus familiares.

Veto

O presidente Jair Bolsonaro decidiu vetar alguns trechos do projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). O anúncio foi feito pelo próprio presidente à imprensa, no Palácio do Planalto, no início da noite desta segunda-feira (3). Ele estava acompanhado do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do secretário de produtividade, emprego e competividade da pasta, Carlos da Costa.

Veto II

O texto de socorro ao setor de eventos foi aprovado pelo Congresso Nacional no último dia 7 de abril e tinha que ser sancionado pelo presidente até hoje. A medida aprovada prevê o parcelamento de débitos de empresas do setor de eventos com o Fisco federal, além de outras ações para compensar a perda de receita em razão da pandemia de covid-19.

Covid em Marabá

Após vários dias sem vagas de UTI em Marabá, ontem a situação passou a dar mostras de esperança: era de…

Repórter Correio

Covid no Pará Até esta sexta-feira, dia 7, de acordo com a Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa), eram…

Covid em Marabá

Covid em Marabá Os leitos de UTI seguem com 100% de ocupação em Marabá, ou seja, 50 em 50 existentes.…

Repórter Correio

Covid no Pará O balanço da Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa) divulgado nesta sexta-feira (30/4), sobre a covid-19…

Repórter Correio

Alok no Pará Tido como o DJ mais importante, conhecido e requisitado do mundo, o brasileiro Alok está no Pará.…

Repórter Correio

Triste estatística Ao longo do dia de ontem Parauapebas ultrapassou pela primeira vez Marabá no número de óbitos por covid-19:…