Correio de Carajás

Produtos da Ceia de Natal estão mais caros em 2019

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Faltando menos de uma semana para o Natal, a procura pelos itens que compõem a ceia aumentou, assim como os valores aplicados pelos supermercados, açougues e feiras da região. De acordo com pesquisa divulgada pelo Dieese/PA nesta sexta-feira, 20, o aumento no valor dos gêneros alimentícios tradicionais das festas de final de ano está acima da inflação, estimada em torno de 3,50% para os últimos 12 meses.

De acordo com o supervisor técnico do Dieese, Roberto Sena, “com a alta significativa do dólar neste final de ano, a grande maioria dos produtos da ceia natalina, principalmente os importados, como as frutas da época, estão bem mais caros do que no ano passado. As pesquisas realizadas pelo Dieese comprovaram esta realidade”.

Entre os produtos de cunho alimentar importados que devem fazer parte da ceia natalina e de ano novo, um dos destaques é o tradicional bacalhau, que em relação ao mesmo período do ano passado também está mais caro. O bacalhau do porto, por exemplo, na terceira semana de dezembro custava em média R$78,65 o kg, este ano está sendo comercializado em média a R$89,06 o kg nos supermercados, representando um reajuste de 13,24%.

Leia mais:

Outro item também importante é o azeite, muito utilizado no preparo das comidas de final de ano. De acordo com as pesquisas do Dieese, a garrafa de azeite de oliva da marca La Violetera de 500ml, é comercializado em média a R$23 nos supermercados. O mesmo produto no ano passado era vendido pelo preço de R$21,83, o que representa um reajuste acumulado de 5,41%.

Na composição do cardápio deste final de ano, o tradicional peru também ficou bem mais caro este ano em relação ao mesmo período do ano passado. O quilo do peru da marca Sadia está sendo comercializado em média nos supermercados a R$17,98. No mesmo período do ano passado, o mesmo custava R$16,92, com reajuste de 6,26%.

Já o quilo do chester da marca Perdigão atualmente é vendido a R$16,98, com um reajuste de 14,81% em relação aos preços praticados no mesmo período do ano passado. No caso do kg do pernil com osso da marca Sadia, o mesmo está sendo comercializado em média a R$17,69, com um reajuste de 36,60% em relação ao ano passado.

Com as altas expressivas de preços verificadas pelo Dieese, um dos produtos que certamente deverá fazer parte das mesas dos paraenses neste final de ano é o frango (resfriado ou congelado). A questão é que este item também ficou mais caro. Ainda de acordo com as pesquisas realizadas pelo Dieese, o kg do frango da marca Americano, atualmente é comercializado a R$7,32, representando um reajuste de 13,49%, já que no mesmo período, no ano passado, ele era comercializado à R$6,45 o kg.

A DICA É PESQUISAR

Ainda de acordo com o Dieese Pará, de uma maneira geral, todos os supermercados do Estado já estão trabalhando com estoque máximo. Com isso, é possível que várias promoções ainda aconteçam nestes dias que antecedem o Natal. Também existe a possibilidade de alguns produtos básicos da ceia apresentem oscilações nos seus preços. É esperar e pesquisar para ver. Neste contexto, outro fator que merece destaque são as diferenças de preços de um mesmo produtos entre os vários locais de compra, que em alguns casos, ultrapassa 30%.

Antevendo estas variações, a servidora pública aposentada Raimunda Amoras aposta no estoque, na pesquisa e adaptação de itens para poder garantir a tradicional ceia de Natal na casa dela. “Antes mesmo de entrar no período natalino eu já compro alguns itens aos quais vou precisar para preparar a Ceia. Aí quando já está mais próximo do dia, eu dou preferência aos supermercados que anunciam promoção, procurando itens em quantidade compatível com o meu bolso”, dá a dica a aposentada. (Bianca Levy)

Comentários

Mais

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

A 13ª Promotoria de Justiça de Justiça de Marabá firmou no último dia 9 de junho, Termo de Ajuste de Conduta com…
MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

O Ministério Público Federal (MPF) expediu nesta terça-feira (15) recomendações ao município de Eldorado dos Carajás, no sudeste do Pará,…
SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

Cem dias após o Brasil autorizar a compra e doação de vacinas ao SUS pelo setor privado, nenhuma dose foi…
Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

As vacinas russas contra a Covid-19, a Sputnik V, serão entregues ao Brasil no mês de julho, conforme o governador…
PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

Foi aprovado em Sessão Ordinária da Câmara dos Vereadores de Parauapebas nesta terça-feira (15) um projeto de lei que prevê…
Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu hoje (15) que vai prorrogar por mais três meses a proibição de…