Correio de Carajás

Primeira turma do STF decide amanhã sobre pedido de prisão de Aécio Neves

Aécio Neves, que nos últimos meses teve seu nome envolvido em diversos escândalos de corrupção, terá o futuro do seu mandato decidido amanhã (20). Aécio Neves é senador eleito pelo PSDB de Minas Gerais, mas está afastado do cargo desde o dia 18 de maio. A primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai analisar duas ações das quais Aécio é alvo. Na primeira, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pede a prisão do senador afastado. Se for acolhido, caberá aos senadores decidirem sobre o pedido de Janot. Outra ação pede que ele retome suas atividades de parlamentar. Paralelamente a isso, executiva do PSDB se reúne na quarta-feira (21) para definir a data da convenção para a escolha do novo presidente da legenda.

 

Aécio Neves, que nos últimos meses teve seu nome envolvido em diversos escândalos de corrupção, terá o futuro do seu mandato decidido amanhã (20). Aécio Neves é senador eleito pelo PSDB de Minas Gerais, mas está afastado do cargo desde o dia 18 de maio. A primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai analisar duas ações das quais Aécio é alvo. Na primeira, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pede a prisão do senador afastado. Se for acolhido, caberá aos senadores decidirem sobre o pedido de Janot. Outra ação pede que ele retome suas atividades de parlamentar. Paralelamente a isso, executiva do PSDB se reúne na quarta-feira (21) para definir a data da convenção para a escolha do novo presidente da legenda.

Leia mais:

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.