Correio de Carajás

Policial de folga intervém em tentativa de homicídio e salva vítima

Dois feridos e um morto foi o saldo de uma ocorrência registrada na noite desta quarta-feira (3), em Parauapebas, quando um policial militar salvou a vida de uma vítima de tentativa de homicídio no Bairro Cidade Jardim.

O soldado Wedson Leal dos Santos, de 33 anos, estava de folga, sentado em uma cadeira no lava-jato onde aguardava seu automóvel ser higienizado, na esquina entre a Avenida J e a Rua D17, quando percebeu uma movimentação incomum.

Leia mais:

Conforme o relato dele, outro homem, identificado como Marcos Rodrigues Rosa da Conceição, 21 anos, estava sentado em uma cadeira próxima quando dois indivíduos – um adolescente de 15 anos e outro ainda não identificado – se aproximaram em uma motocicleta.

O militar percebeu quando a pessoa que estava na garupa desceu da motocicleta e sacou uma arma de fogo, disparando-a em direção a Marcos e chegando a atingi-lo. Rapidamente, o soldado também sacou a própria arma e revidou os tiros contra a dupla que havia chegado na moto.

Ao perceber que ambos haviam caído ele cessou os disparos e recolheu a arma de fogo que estava próxima da mão do responsável pelo ataque, notando que seis munições haviam sido deflagradas.

O policial então pediu apoio de guarnições da Polícia Militar e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros. Devido à demora das ambulâncias, uma viatura prestou atendimento à vítima da tentativa de homicídio. Em seguida, o Samu encaminhou um dos responsáveis pelo ataque ao Hospital Municipal. O outro envolvido morreu ainda no local.

Marcos, alvo da dupla, apresenta quadro estável e aguarda cirurgia. Já o adolescente foi submetido à cirurgia e está em estado grave, porém estabilizado.

Conforme a Polícia Militar, mesmo ferido o menor informou ser integrante da Facção Criminosa PCC e ter sido enviado para assassinar Marcos, mas não detalhou a motivação para o crime.

O caso foi registrado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil que deverá investigar a tentativa de homicídio. (Com informações de Ronaldo Modesto)

Comentários