Correio de Carajás

Polícia procura último envolvido no duplo assassinato

“Márcio Vaqueirinho” está sendo procurado em quatro Estados pelo assassinato/Foto: Divulgação
“Márcio Vaqueirinho” está sendo procurado em quatro Estados pelo assassinato/Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Depois da prisão dos três primeiros envolvidos no assassinato da ex-secretária de Turismo de Marabá, Vanuza Barbosa, e da filha dela, Jacsiane Barbosa, a Polícia Civil está à procura de Márcio Souza Pinto, conhecido como “Márcio Vaqueirinho”. Ele é apontado como o pistoleiro que matou as duas, na chácara de Vanuza, no Núcleo São Félix. O crime aconteceu em 29 de novembro do ano passado.

Natural do Ceará, “Vaqueirinho” foi visto pela última vez no interior do município de Pedreiras, no Maranhão, e antes disso esteve em Imperatriz, também no Maranhão. Ele tem conseguido uma alta mobilidade e já rodou também pelos Estados do Piauí, Amapá e Ceará, onde ele é considerado foragido de Justiça pelo crime de roubo, segundo explicou o delegado Toni Rinaldo Rodrigues de Vargas, titular do Departamento de Homicídios, responsável pela investiga e pelas prisões.

Ainda de acordo com o delegado, “Vaqueirinho” já trabalhou em duas fazendas de Marabá e de Bom Jesus do Tocantins, além de já ter sido preso no município de Irituia e ter passado também por Santa Izabel. O pistoleiro anda armado, é perigoso e quem der guarida para ele, poderá responder por crime de favorecimento próprio.

Leia mais:

O papel de cada um

Como a polícia foi soltando as informações a conta gotas, somente agora é possível definir o papel de cada um dos envolvidos, que foram presos em outras cidades, mas no final de semana já foram encaminhados para o sistema penal de Marabá.

Manoel Messias, o “Manelão”, ex-marido de Vanuza, que foi ao velório e lamentou sobre os caixões, é apontado como mandante do crime. Ele foi preso em Teresina (PI), na casa da namorada.

Em Mãe do Rio foi presa a travesti Jéssica (cujo nome de RG é Gerson Silva), que se dizia amiga das vítimas, mas é acusada de avisar ao pistoleiro o momento certo em que ele deveria ir lá para cometer o crime. Inclusive, no dia seguinte ao assassinato, Jéssica estava na chácara onde tudo ocorreu. Muito chorosa, ela não conversou com a Imprensa.

O terceiro preso, que inicialmente se pensava ser o pistoleiro, na verdade é a mulher de “Márcio Vaqueirinho”, identificada apenas pelas iniciais L. G. C., ela teria levado a arma para o marido cometer o crime.

Além disso, outras três pessoas foram presas, em flagrante, por posse de arma porque estavam no local onde a polícia cumpriu os mandados de prisão. Mas inicialmente essas outras três pessoas não são investigadas pelo duplo assassinato.

Embora o delegado Toni Vargas tenha dito, na sexta-feira, que o crime foi motivado por ganância, ciúme e sentimento de posse, ele ainda não deu detalhes sobre essa situação específica, porque os presos ainda não foram interrogados. (Chagas Filho)

Comentários

Mais

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

Um policial militar foi baleado durante uma briga generalizada numa festa de aniversário. O incidente ocorreu na terça-feira, 27, na…
Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

A Polícia Federal atualizou na tarde desta quarta (28) os resultados da “Operação 1200”, desencadeada pela manhã em Ourilândia do…
PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

Nos dois últimos dias a Polícia Rodoviária Federal prendeu duas pessoas por porte ilegal de armas de fogo na cidade…
Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Uma operação da Polícia Civil do Pará prendeu uma mulher apontada como uma das maiores estelionatárias do estado na manhã…
Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Foram autuados por furto Weverton Vitorino Souza e Janielson Bomfim de Carvalho após crime verificado na empresa onde ambos trabalham,…
PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

A Polícia Federal em Redenção deflagrou nesta quarta-feira (28) a “Operação 1200” de combate a crimes ambientais, extração ilegal de…