Correio de Carajás

PM e Prefeitura de Marabá firmam convênio para gestão compartilhada na Escola Militar

O comandante geral da PM e João Chamon no encontro da tarde de ontem, em Belém/ Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O comandante geral da Polícia Militar, coronel José Dilson Melo de Souza Junior, assinou, nesta quarta-feira (27), no quartel do Comando Geral da PM, um termo de convênio com a prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O secretário extraordinário do Centro Regional de Governo do Sul e Sudeste, João Chamon, esteve presente durante a assinatura do documento.

O convênio estabelece medidas a serem adotadas pelos dois órgãos para a execução do Projeto de Supervisão Militar Educacional – Polo Marabá, a ser desenvolvido na Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio Rio Tocantins (CMRio Tocantins), que hoje mantém 1.100 estudantes cursando do 6° ano Ensino Fundamental ao 3º do Ensino Médio.

Desde agosto do ano passado, a escola é supervisionada pela Polícia Militar, contudo as atividades do projeto de supervisão tiveram início ainda em 2017, com a sensibilização de pais, professores, técnicos e auxiliares operacionais e a capacitação de policiais militares que participam do projeto, por meio de um curso específico.

Leia mais:

Convênio – Um dos compromissos assumidos pela Polícia Militar no convênio assinado é o de disponibilizar policiais militares do Comando de Policiamento Regional II (CPR II), sediado em Marabá, para atuarem, durante a folga, no Projeto de Supervisão Militar Educacional.

A PM se comprometeu também a aprimorar as ações de policiamento preventivo no entorno da escola e a executar e atualizar o Plano de Segurança Escolar, planejado especificamente para a CMRio Tocantins. O plano prevê que, periodicamente, os indicadores de segurança escolar (ISE) sejam mensurados e passem por avaliação da eficácia.

Já a Prefeitura Municipal de Marabá assegurou, por meio do convênio, o quantitativo de 20% do total das vagas das séries do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio do CMRio Tocantins, para os dependentes de policiais militares. Também ficou acordado que o poder público municipal irá manter a infraestrutura física e material necessárias para a execução do projeto, incluindo reformas, sinalização adequada e instalações sanitárias, considerando a quantidade de policiais militares que atuam diariamente nas atividades de supervisão.

Curso de Supervisão Militar Educacional – Além da vocação para o trabalho pedagógico, os policiais militares selecionados para atuar na escola, sob a supervisão da PM no Estado, são capacitados em um curso coordenado pela corporação, por meio da Diretoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (DPCDH).

O Curso de Supervisão Militar Educacional tem 90 horas/aula de duração e é dividido em três fases, visando, na prática, habilitar os policiais com os conhecimentos necessários para o trato com o público escolar. O grande objetivo é diminuir a violência no ambiente colegial, por intermédio de métodos e procedimentos especializados, além de evitar que os estudantes tenham contato com as drogas através de instruções do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

O convênio firmado entre a Polícia Militar e a Prefeitura de Marabá é válido até 30 de junho de 2021. (Agência Pará)

Comentários

Mais

Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

O ministro Marcelo Queiroga disse nesta quinta-feira (16) que a decisão de restringir a vacinação de adolescentes apenas aos grupos prioritários (deficiência…
Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

O Ministério da Educação estuda permitir que estudantes formados em cursos técnico-profissionalizantes aproveitem os créditos acadêmicos caso decidam continuar os…
Ministério mantém previsão de crescimento da economia em 5,3% este ano

Ministério mantém previsão de crescimento da economia em 5,3% este ano

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia manteve a projeção para o crescimento da economia este ano…
Caçula põe irmão mais velho em enrascada

Caçula põe irmão mais velho em enrascada

Um curioso caso de receptação (adquirir mercadoria proveniente de roubo ou furto) foi registrado na Vila Carimã, zona rural de…
Transporte público volta a ser criticado na Câmara de Marabá

Transporte público volta a ser criticado na Câmara de Marabá

Serviço que afeta grande parte da população, o transporte público de Marabá está sempre em pauta nas discussões políticas da…
Ministro defende aumento “modesto e moderado” para Bolsa Família

Ministro defende aumento “modesto e moderado” para Bolsa Família

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu hoje (15) um aumento “necessário” no programa Bolsa Família, de assistência a famílias de baixa…