Correio de Carajás

PCC corta cabeça de homem

Homem aparece no primeiro vídeo sendo coagido por criminosos/ Foto: reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Circulam pelas redes sociais dois vídeos assustadores (um de 23 e outro de 25 segundos) que revelam o lado mais bárbaro da guerra entre as fações Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC). O segundo vídeo exibe um corpo sem cabeça, sendo quase partido ao meio e durante a narrativa uma das pessoas filmadas afirma que a barbárie está acontecendo em Parauapebas. A vítima foi identificada como Wendel Fabrício Correia, conhecido como “De Belém”, de 19 anos.

No primeiro vídeo, um homem jovem, branco, como o rosto ensanguentado, aparece sentado no mato e seguro pelo pescoço. Ele é manietado por ao menos três algozes, que o perguntam se ele é do CV. Diante da pressão, homem confirma que faz parte do Comando Vermelho.

Em seguida um dos algozes exibe um revólver, provavelmente de calibre 38, e também mostra uma faca. Em seguida diz que isso (as armas) é para os membros do CV. Nesse momento o vídeo acaba e na filmagem seguinte já aparece uma pessoa sem cabeça e com o tórax rasgado ao meio, dando a entender que se trata da mesma pessoa, mas não é possível ter certeza porque o rosto não aparece.

Leia mais:

Nessa segunda filmagem, enquanto os criminosos que estão filmando exibem o ser humano retalhado, eles afirmam que é “isso” que vai acontecer com os membros do Comando Vermelho.

Depois que as filmagens tomaram conta de grupos de WhatsApp, a mãe da vítima, Fátima Correia, reconheceu o filho. Ela mora há cinco anos em Parauapebas no loteamento Soldado Daniel, entre os Bairros Cidade Jardim e dos Minérios. Fátima conta que seu filho saiu de casa no último domingo (3), por volta das 20h, dizendo que iria à casa de amigos, mas foi a última vez que ela o viu com vida.

Fátima conta que ao ver os vídeos reconheceu o filho e entrou em desespero. “Eu só quero encontrar o corpo de meu filho e pelo menos ter a oportunidade de fazer um velório e enterro dignos”, declarou, acrescentando que o rapaz não participava de nenhuma facção criminosa e no vídeo foi forçado a falar que participava. “As autoridades precisam reforçar a segurança em Parauapebas, quero justiça. Não temos que ter medo, temos que ter fé em Deus”, pediu.

A reportagem do Jornal CORREIO, em Parauapebas, conversou com o delegado Gabriel Henrique, diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil. Ele confirmou ter instaurado uma investigação preliminar, antes mesmo da confirmação de que o caso havia ocorrido mesmo em Parauapebas.

O delegado solicita à população que ajude a polícia com informações tanto por meio do Disque Denúncia 181 ou comparecendo pessoalmente à delegacia.

SAIBA MAIS

Há dois anos ele teve passagem pela polícia pelo consumo de drogas, foi solto, passou um tempo em Macapá com seu pai, onde tem companheira e filha e desde dezembro de 2018 estava em Parauapebas.

(Chagas Filho)

Comentários

Mais

Dona de casa é atropelada em bicicleta e morre em Tailândia

Dona de casa é atropelada em bicicleta e morre em Tailândia

A Polícia Civil de Tailândia investiga um acidente de trânsito que resultou na morte da dona de casa Maria Ramos.…
Um morto e um ferido no Vale do Sol

Um morto e um ferido no Vale do Sol

Dois homens foram vitimados, e um deles não resistiu aos tiros e morreu. Os acusados são dois homens que estavam…
Acidente deixa motociclista morto e carona ferido

Acidente deixa motociclista morto e carona ferido

Um acidente envolvendo um caminhão e uma moto vitimou Jefferson Azevedo, de 32 anos, na madrugada desta quarta-feira (22) na…
Chacina de Parauapebas: preso chegará ao município nesta quarta

Chacina de Parauapebas: preso chegará ao município nesta quarta

Deve chegar ao município de Parauapebas nesta quarta-feira (22) Marcone de Jesus da Silva, suspeito de envolvimento na chacina que…
PRF apreende 32,9m³ de madeira transportada ilegalmente

PRF apreende 32,9m³ de madeira transportada ilegalmente

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu um caminhão no Km 906 da BR-230 que transportava oito toras com cerca de 32,9…
Marido denuncia a companheira por arma escondida em colchão

Marido denuncia a companheira por arma escondida em colchão

Uma arma de uso exclusivo da Polícia Militar do Pará foi encontrada escondida num colchão. O caso ocorreu nesta terça-feira,…