Correio de Carajás

Pará reduz 90% do desmatamento no mês de janeiro em relação a mesmo período em 2020

Reprodução
Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O balanço feito pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), com base nos dados gerados pelos sistemas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), revela a redução de 90% no desmatamento no Estado do Pará, no mês de janeiro, em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre as ações consideradas determinantes para o resultado, está a realização da Operação Amazônia Viva, que encerrou a oitava fase no final do mês de janeiro. Do dia 13 ao dia 30 as equipes da Força Estadual de Combate ao Desmatamento, formadas por policiais civis e militares, bombeiros, peritos e fiscais da Semas, estiveram em ação em nove municípios. Dessa vez, o trabalho foi concentrado em Senador José Porfírio, Anapú, Santarém, Distrito de Moraes de Almeida, São Félix do Xingu, Pacajá, Altamira, Novo Progresso e Portel.

“Nós estamos mantendo as equipes em campo todos os meses, sempre reformulando estratégias e analisando o comportamento dos desmatadores. Dessa maneira, conseguimos manter uma presença constante do Estado, nos locais mais vulneráveis aos crimes ambientais”, acrescenta o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro O´de Almeida.

Leia mais:

O balanço da oitava fase indica que a área total embargada equivale a 3.161 hectares, o que corresponde ao tamanho de mais de 3 mil campos de futebol, colocados sob proteção. Os fiscais também flagraram 5 garimpos clandestinos. Entre as apreensões estão: 40 m³ de madeira, 6 veículos, 13 motosserras, 3 geradores, 9 motores usados nos garimpos. Além disso, foram 6 ocorrências feitas pela polícia civil e 2 pessoas presas em fragrante. 

Levando em consideração os números totais das oito fases da operação, a Amazônia Viva já colocou sob proteção mais de 137 mil hectares de terra, o que equivale a uma área maior que a cidade de Belém. Também apreendeu mais de 6 mil m³ de madeira extraída de forma ilegal, 187 motosserras que eram utilizadas na derrubada de árvores foram retiradas da mata, 60 tratores/carregadeiras/escavadeiras que eram usados no desmatamento ilegal, 87 armas de fogo e 313 munições. Também foram destruídos 58 acampamentos usados pelos desmatadores para se abrigar e 44 garimpos ilegais foram interditados.

Para o titular da Semas, Mauro O’ de Almeida, os resultados positivos são possíveis por causa da visão ampla e estratégica que o Governo do Pará tem mantido, com a criação do Plano Amazônia Agora: “Nós estamos mantendo as fiscalizações da Operação Amazônia Viva mensalmente, baseadas nas nossas análises constantes dos alertas de desmatamento, mas também estamos propondo soluções de desenvolvimento socioambiental com o Territórios Sustentáveis e o Regulariza Pará, que são outros eixos do PEAA. Dessa maneira, pretendemos alcançar o objetivo de preservar a floresta e garantir desenvolvimento social e econômico para a população”, conclui o Secretário. 

A Operação Amazônia Viva, faz parte do eixo de Comando e Controle, do Plano Estadual Amazônia Agora, coordenado pela Semas. A macroestratégia do Governo do Pará, tem o objetivo de conservar a floresta, aliada ao desenvolvimento social e econômico no campo. Entre as metas do plano, está a redução na emissão de gases do efeito estufa, para alcançar, até 2036, o patamar de emissão líquida zero. Para isso, o plano tem quatro pilares: Regulariza Pará (regularização fundiária e ambiental), Territórios Sustentáveis (apoio e fomento aos produtores rurais, além da recuperação de áreas degradas), Fundo Amazônia Oriental (fundo de captação de recursos para os projetos do PEAA) e Comando e Controle (Combate aos crimes ambientais com a Força Estadual de Combate ao Desmatamento).(Agência Pará)

Comentários

Mais

Instituto Cultural Vale: últimos dias de inscrições no Edital Apoia

Instituto Cultural Vale: últimos dias de inscrições no Edital Apoia

As inscrições de projetos no Edital Apoia vão até a próxima sexta-feira, 24. A seleção realizada pelo Instituto Cultural Vale…
Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

O Brasil é o país que mais valoriza a imunização entre oito nações estudadas em um levantamento global feito pelas…
AQNO: CTA ganha embaixador informal, que fala abertamente sobre “posithividade”

AQNO: CTA ganha embaixador informal, que fala abertamente sobre “posithividade”

Chegar até aqui e falar abertamente sobre o HIV não foi um caminho fácil. As dificuldades, o medo, a insegurança,…
Butantan começa a negociar doses da CoronaVac com cinco estados

Butantan começa a negociar doses da CoronaVac com cinco estados

Após cumprir dois contratos que previam a entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde, o…
Sefa apreende 20 mil litros de diesel e 12 mil garrafas de cerveja

Sefa apreende 20 mil litros de diesel e 12 mil garrafas de cerveja

Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), da Unidade de Mercadorias em Trânsito de Carajás, no sudeste do Pará,…
Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas

Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). O lote chegou ao Aeroporto Internacional…