Ponto de venda clandestina de Diesel foi descoberto e interditado/ Fotos: Divulgação

A Policia Civil de Marabá, com o apoio de policiais civis de Curionópolis e Parauapebas, deflagrou a Operação “Petrus”, com o objetivo de combater o crime de furto de combustíveis de uma mineradora da região de Carajás. A operação aconteceu na madrugada do último dia 10, com apoio do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, sendo um em Marabá, um em Parauapebas e três em Curionópolis. Eles foram soltos, após pagamento de fiança, para responder ao crime em liberdade.

[pro_ad_display_adzone id="528"]

Na operação foram apreendidos 285 litros de gasolina e foram encerradas as atividades de um ponto de venda clandestina de Diesel S500, onde foi autuado Francisco Costa Lima, por crime ambiental elencado no artigo 56 da Lei 9.605/98. O combustível servia para “alimentar” veículos que extraíam minérios de forma ilegal na região.

Quase 300 litros de gasolina foram apreendidos durante a operação

Além disso, foram apreendidas também 11 munições de calibre 380 e R$15 mil em espécie com um dos acusados, que irá responder pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

A operação apreendeu ainda artefatos utilizados para o bombeamento de combustível e uma munição de fuzil 7,62, apreendido na posse de outro suspeito, o qual irá responder pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. (Da Redação)

[pro_ad_display_adzone id="530"]