Correio de Carajás

Número de queimadas em Parauapebas já supera o registrado no ano passado

Fotos: Divulgação Corpo de Bombeiros
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Corpo de Bombeiros já registrou 215 ocorrências de queimadas desde janeiro até hoje, quarta-feira, dia 18 de setembro, em Parauapebas, o que supera o total de registros do ano passado, 2018, quando aconteceram 166 casos.

Mesmo com o aumento de 49 casos, os bombeiros garantem que as queimadas foram controladas no município, após o início da Operação Fênix. Na cidade, os maiores focos de incêndio são em terrenos baldios e morros. Já na zona rural, em propriedades de pequeno e médio porte. Até o momento, três inquéritos policiais foram instaurados e encaminhados ao Ministério Público para apurar as responsabilidades dos envolvidos.

“Ainda existem as queimadas, mas estão controladas, especificamente na região sudeste, onde é a nossa coordenação”, afirmou o tenente do Corpo de Bombeiros de Parauapebas, Joselito. A Operação está sendo realizada em todo estado do Pará. Parauapebas é uma das bases e recebeu uma equipe composta por 12 bombeiros especializados em incêndios, além do tenente-coronel Neto, responsável pela coordenando da Operação e dos oito bombeiros efetivos da cidade.

Leia mais:
Foto: Theíza Cristhine

O tenente Joselito alertou para o perigo dos incêndios criminosos, ao relatar queimada ocorrida no sábado, próximo a um supermercado da cidade. “Em uma região de morro, foi deixada uma lata com um combustível líquido, que deu início a um incêndio. Foram utilizados 12 mil litros de água, 15 bombeiros, em um lugar de difícil acesso, alto risco. Um incêndio por volta das 2 horas da manhã, que se não fosse controlado, poderia ter atingido empresas próximas”, apontou.

Além de Parauapebas, foram enviadas equipes no combate de incêndio nas regiões de Santarém, Xinguara, Jacareacanga, Santana do Araguaia, Redenção. As ações estão sendo realizadas em parceria com o Exército Brasileiro, Ibama e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). Se os focos permanecerem controlados, a Operação deve ser encerrada no final deste mês, ou estendida até outubro. (Theíza Cristhine)

Comentários

Mais

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

A menina Alice, de 5 anos, ama tirar fotos e vídeos. Ela tem um perfil na rede social Instagram administrado…
Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

O Pará recebeu, na madrugada deste sábado (25), a 89ª remessa de vacinas contra a Covid-19 com 157.950 doses da…
Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Nesta sexta-feira (24), o governador do estado, Helder Barbalho, entregou o Certificado de Adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de…
Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Nada menos que 18 entidades civis, a maioria de defesa da mulher e combate a violências, assinaram uma nota denunciando…
Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

O Pará contabilizou mais 334 casos de Covid-19 e 5 mortes causada pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família têm à disposição a nova versão do aplicativo do programa. A principal mudança consiste no…