Correio de Carajás

Mulher filmada correndo com corpo em chamas segue internada no Pará

Mulher correu com corpo em chamas em Belém; câmera flagrou — Foto: Redes sociais/Reprodução

Segundo Polícia Civil, ela ateou fogo no próprio corpo. Família informou em depoimento que vítima tem esquizofrenia; no hospital, ela está sendo assistida por equipe multiprofissional.

A mulher que apareceu em um vídeo correndo com o corpo em chamas segue hospitalizada nesta quinta-feira (20) no hospital metropolitano de Ananindeua, na região metropolitana de Belém. A Polícia Civil a identificou e constatou que ela ateou fogo no próprio corpo.

O quadro de saúde da mulher de 45 anos é estável, mas necessita de tratamento também psicológico, conforme a Polícia Civil, que investiga o caso. Não foi detalhado a gravidade das queimaduras sofridas por ela.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), ela “recebe todo o atendimento necessário sendo acompanhada por equipe multiprofissional”.

A mulher foi flagrada por uma câmera de monitoramento, na Avenida Senador Lemos, no bairro do Telégrafo, na capital paraense, quando corria pela rua com o corpo totalmente em chamas.

A Polícia Civil instaurou inquérito na quarta-feira (19) para apurar o caso e chegou a informar que a suspeita era que duas pessoas em uma bicicleta teriam ateado fogo no corpo da mulher.

Entretanto, após análise de imagens e de depoimentos dos familiares da vítima, a polícia chegou à conclusão técnica de que a mulher ateou fogo no próprio corpo, segundo o diretor da Divisão de Homicídios, Cláudio Galeno.

“Por volta de 1h da manhã de quarta, ela se banhou com álcool, colocou fogo na blusa e depois no corpo inteiro”, afirmou o delegado.

 

A família informou à polícia que a mulher tem laudo de esquizofrenia há mais de dez anos, mas que deixou de fazer o tratamento há dois anos.

“Tudo leva a crer que teve um surto psicótico. Teve várias parte do corpo queimadas, está em tratamento físico e psiquiátrico no Hospital Metropolitano”, relatou Galeno.

Segundo ele, a possibilidade de crime foi descartada e o caso deve ser encerrado.

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Agrediu vítima, roubou celular e foi preso em flagrante

Agrediu vítima, roubou celular e foi preso em flagrante

Alex Soares de Sousa foi preso na manhã de domingo (3) após derrubar uma mulher no chão e tomar, à…
Adolescente morre afogado no Rio Parauapebas

Adolescente morre afogado no Rio Parauapebas

Uma tragédia tirou a vida do jovem Victor Tarcísio Silva dos Santos, de 12 anos, neste final de semana, em…
Trânsito violento de Marabá mata 35 pessoas em 6 meses

Trânsito violento de Marabá mata 35 pessoas em 6 meses

Férias escolares, praia, lazer, curtição e bebedeira são alguns sinônimos do verão amazônico. O mês de julho marca o ápice…
Fim de semana é marcado por casos de violência contra mulher

Fim de semana é marcado por casos de violência contra mulher

Sábado e domingo seguem sendo dias conturbados para mulheres em Marabá. Como de (péssimo) costume, casos de violência foram registrados…
Condutor de caminhão atropela homem, foge, mas é pego momentos depois

Condutor de caminhão atropela homem, foge, mas é pego momentos depois

Um homem identificado como Elvis Santos Rondon dos Reis morreu na madrugada deste sábado (2), vítima de um acidente de…
Paciente xinga funcionários e quebra porta no HMM

Paciente xinga funcionários e quebra porta no HMM

Um paciente identificado como Cristiano Eduardo Campos ficou revoltado com o atendimento do Hospital Municipal de Marabá (HMM), xingou funcionários…