Correio de Carajás

Após reportagem sobre exploração de menores, MP pede criação de CRAS na Vila União

Em agosto de 2019, o Portal Correio denunciou, em reportagem, a realidade da zona rural afetada pelas atividades da Buritirama / Foto: Arquivo Correio
Em agosto de 2019, o Portal Correio denunciou, em reportagem, a realidade da zona rural afetada pelas atividades da Buritirama / Foto: Arquivo Correio

Após mais de um ano que o Portal Correio denunciou a prostituição infantil incentivada pelo tráfego de caminhoneiros que transportam manganês para a Mineradora Buritirama, nas vilas União, Três Poderes, e Santa Fé, o Ministério Público do Pará (MPPA) tomam novas providências para proteger as crianças e adolescentes que acabam entrando nesse meio obscuro. Uma reunião foi agendada para o próximo dia 25 de novembro visando debater a criação de um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) na localidade afetada.

Um primeiro encontro foi realizado na última terça-feira, 10 de novembro, com Kellen Noceti Servilha Almeida e Lady Anne de Souza, respectivamente presidente e vice-presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos Humanos da Mulher (Condim), para discutir a realidade nas vilas.

Vila União é a mais afetada pelas atividades da mineradora / Foto: Drone Correio

“A região de exploração da mineradora Buritirama é uma região que reclama muitos cuidados principalmente para defesa da criança e do adolescente, notadamente pelas notícias de abuso infantil”, disse Lady Anne, conforme ata da reunião.

Leia mais:

O promotor de justiça, Samuel Furtado Sobral, foi quem presidiu a reunião e informou que já existe um procedimento administrativo acerca desse tema que tramita na 9ª Promotoria de Justiça de Infância e Juventude.

Ele reforçou ainda a importância de chamar a mineradora para ser parceira na manutenção desse CRAS, “uma vez que a atividade da empresa causa grande impacto na região e considerando, ainda, que o grande uso de recursos do CRAS é a manutenção da folha de pessoal”, disse o promotor, de acordo com a ata.

Com essa reunião, ficou decidido que um novo encontro seria agendado com a presença do prefeito Tião Miranda, da promotora Jane Cleide Silva Souza, da secretária municipal de Assistência Social, Nadjalúcia Oliveira, de um representante da Buritirama, do Condim e da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres.

O promotor solicitou ainda que o Condim prepare um estudo acerca do custo mensal da manutenção das equipes que trabalhariam no CRAS, para ser apresentado nesta reunião, inicialmente agendada para a segunda-feira (16). Devido às Eleições 2020, no entanto, foi reagendada para a próxima quarta-feira (25). (Zeus Bandeira)

Comentários

Mais

Padre Patrick esgota ingressos para show em Curitiba

Padre Patrick esgota ingressos para show em Curitiba

O fenômeno da internet chega à capital paranaense com sua turnê nesta sexta-feira (27). O Teatro Fernanda Montenegro recebe o…
Senai de Conceição realiza aula inaugural de cursos de qualificação profissional

Senai de Conceição realiza aula inaugural de cursos de qualificação profissional

Tiveram início, nesta semana, as aulas do Programa de Capacitação para Desenvolvimento Profissional, uma iniciativa da Horizonte Minerals em parceria…
Auxiliar de serviços gerais devolve pix de R$ 95 mil feito por engano

Auxiliar de serviços gerais devolve pix de R$ 95 mil feito por engano

Jayro Pimentel, morador de Gurupi, no sul do Tocantins, é auxiliar de serviços gerais em uma fábrica de produtos de…
Veja os voos que ficaram mais caros para viajar nas férias de julho

Veja os voos que ficaram mais caros para viajar nas férias de julho

Viajar de avião nas férias de julho ficou mais caro do que antes da pandemia para muitos lugares, principalmente para o…
Planos de saúde poderão subir até 15,5%; é o maior reajuste já aprovado

Planos de saúde poderão subir até 15,5%; é o maior reajuste já aprovado

Após um inédito reajuste negativo no ano passado, os planos de saúde individuais ou familiares poderão subir até 15,5% este ano.…
Lei que amplia Prouni para estudantes de escolas privadas é sancionada

Lei que amplia Prouni para estudantes de escolas privadas é sancionada

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a Lei 14.350/2022 que amplia o acesso ao Programa Universidade para Todos (Prouni) para alunos…