Correio de Carajás

Comércio de Parauapebas pronto para as vendas de Natal

Artigos de Natal ocupam prateleiras e calçadas das ruas comerciais

Para atrair clientes e alavancar as vendas, o Natal no comércio de Parauapebas chegou já em novembro. Variedade em árvores, laços e bolas atraem os clientes que tomam as ruas da cidade em busca de garantir a decoração natalina, com preços que se adequam a diferentes bolsos e gostos.

 O Correio de Carajás percorreu lojas de artigos populares na Avenida JK, no Bairro Rio Verde, onde conheceu a família Conceição. Para a avó Eva, a filha Marli e o neto Vitor Cauã, montar a árvore de Natal é tradição familiar. “Todo mundo participa, um coloca uma bola, outro o pisca-pisca, mas não abrimos mão de nos reunir”, descreve a matriarca.

Avó, filha e neto foram juntos escolher a decoração deste ano

Marli escolhia canecas personalizadas com o desenho do Papai Noel para toda a família, pois o item será utilizado nos cafés da manhã no mês de dezembro. “Cada caneca é um desenho diferente, o preço está ótimo, apenas R$ 5”, comemora.

Leia mais:

Já a troca de presentes é o momento mais esperado por Vitor Cauã, de 10 anos, que confessa ter pedido muitos brinquedos para serem colados ao pé da árvore pelo bom velhinho. 

Mesmo com a tradição sendo mantida, Marli confessa que o orçamento para as compras de final de ano foi reduzido, devido à pandemia do novo coronavírus. Por isso, a dica é reutilizar decorações anteriores ou procurar os artigos em lojas com preços mais em conta, conforme sugere a filha de Eva.

Quem também foi às compras de Natal foi a pequena Catarina, de apenas 4 anos, acompanhada pela mãe. Ela foi a responsável por escolher itens da decoração da família Maia. Na cesta segurada da menina, muitas bolas vermelhas e douradas. 

Catarina é a responsável por escolher as cores dos enfeites

Sobre as vendas de Natal antecipadas, a vendedora Isabeli Silva Carvalho disse à reportagem que a procura pelos itens começou ainda no início deste mês. Na loja em que ela trabalha o pisca-pisca é o campeão de vendas, custando entre R$ 10 e R$ 15 a unidade. Já os preços das árvores variam de R$ 4,99 a R$ 240, conforme o tamanho.

Isabeli diz que clientes procuram artigos “mais em conta”

Mesmo com as vendas aquecidas, Isabeli acredita que o consumo será menor comparado ao do ano passado, por causa da pandemia. Segundo ela, os clientes estão comprando, mas buscam por artigos mais em conta. 

Já a comerciante Maria Lúcia defende que a pandemia não irá interferir nas vendas. “A minha expectativa é que a gente vai vender bem, melhor que no ano passado. As pessoas estão saindo nas ruas para comprar, estamos vendendo muitos enfeites natalinos aqui”.

Maria Lúcia afirma que as pessoas estão saindo nas ruas para comprar

Para ela, o único ponto negativo é que ainda há clientes que entram no estabelecimento sem máscara, mesmo com o pedido para o uso do item. (Theíza Cristhine)

Comentários

Mais

Senai de Conceição realiza aula inaugural de cursos de qualificação profissional

Senai de Conceição realiza aula inaugural de cursos de qualificação profissional

Tiveram início, nesta semana, as aulas do Programa de Capacitação para Desenvolvimento Profissional, uma iniciativa da Horizonte Minerals em parceria…
Auxiliar de serviços gerais devolve pix de R$ 95 mil feito por engano

Auxiliar de serviços gerais devolve pix de R$ 95 mil feito por engano

Jayro Pimentel, morador de Gurupi, no sul do Tocantins, é auxiliar de serviços gerais em uma fábrica de produtos de…
Veja os voos que ficaram mais caros para viajar nas férias de julho

Veja os voos que ficaram mais caros para viajar nas férias de julho

Viajar de avião nas férias de julho ficou mais caro do que antes da pandemia para muitos lugares, principalmente para o…
Planos de saúde poderão subir até 15,5%; é o maior reajuste já aprovado

Planos de saúde poderão subir até 15,5%; é o maior reajuste já aprovado

Após um inédito reajuste negativo no ano passado, os planos de saúde individuais ou familiares poderão subir até 15,5% este ano.…
Lei que amplia Prouni para estudantes de escolas privadas é sancionada

Lei que amplia Prouni para estudantes de escolas privadas é sancionada

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a Lei 14.350/2022 que amplia o acesso ao Programa Universidade para Todos (Prouni) para alunos…
Pesquisa descobre pirâmides da era pré-colonial na Amazônia

Pesquisa descobre pirâmides da era pré-colonial na Amazônia

Pesquisadores da Alemanha descobriram “cidades” na Amazônia da Bolívia que datam da era pré-colonial. O achado, inédito, foi descrito em um estudo publicado na revista “Nature”…