Correio de Carajás

Mourão: Maior erro do governo foi não ter feito campanha firme sobre a Covid

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Em entrevista ao programa Roberto D’Avila, da GloboNews, nesta terça-feira (22), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), disse que o “maior erro” do governo foi não ter feito uma campanha “firme” para orientar a população em relação à Covid-19.

“Vou dizer para ti qual é o nosso maior erro. Na minha visão, a questão de comunicação, desde o ano passado, de campanhas de esclarecimento da população. Eu acho que este foi o grande erro: [não ter feito] uma campanha de esclarecimento firme, como tivemos no passado, de outras vacinas. Então, uma campanha de esclarecimento da população sobre a realidade da doença, orientações o tempo todo para a população”, disse Mourão.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), desde o início da pandemia, critica medidas de prevenção contra a doença que são orientações da OMS (Organização Mundial de Saúde), como o uso de máscaras, distanciamento e isolamento social.

Leia mais:

Além disso, Bolsonaro também critica frequentemente o uso de vacinas contra a doença, questionando sua eficácia, e propagandeando o que tem chamado de “tratamento precoce” com o uso de medicamentos comprovadamente ineficazes contra a Covid-19, além do fato de sugerir que uma suposta “imunidade de rebanho”, que viria após um altíssimo número de contaminação da população, seja mais eficaz que a imunização com as vacinas.

Questionado se os “recados da parte de cima”, ou seja, da presidência, sobre a pandemia teriam sido “trocados”, Mourão disse que “todos procuram fazer sua parte”.

“O presidente tem a visão dele. Eu não coloco nas costas do presidente essas coisas que têm acontecido. Não é tudo nas costas dele. Cada tem a sua parcela de erro nesse pacote todo aí. É um país desigual: desigual regionalmente e desigual socioeconomicamente. É um país continental. Então, a gente olha outro país que sofreu tanto quanto a gente ainda continua com gente falecendo por essa doença, que são os Estados Unidos”, disse o vice-presidente. (Istoé)

 

Comentários

Mais

Joice Hasselmann aciona polícia para investigar se ela foi agredida

Joice Hasselmann aciona polícia para investigar se ela foi agredida

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) acionou a Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados para investigar um incidente no último fim de semana. A…
Governo desbloqueia todo o Orçamento de 2021

Governo desbloqueia todo o Orçamento de 2021

A diminuição de diversas estimativas de gastos obrigatórios criou espaço no teto federal de gastos e fez o governo desbloquear…
Ministro da Economia volta a defender reforma tributária ampla

Ministro da Economia volta a defender reforma tributária ampla

O ministro da Economia Paulo Guedes voltou a defender uma reforma tributária ampla. Durante debate sobre a reforma do Imposto…
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

O presidente Jair Bolsonaro confirmou hoje (22) que o senador Ciro Nogueira (PP-PI) vai assumir a Casa Civil da Presidência…
Bolsonaro reafirma que vetará fundo eleitoral de 2022

Bolsonaro reafirma que vetará fundo eleitoral de 2022

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou na noite desta terça-feira (20) que vetará o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões aprovado pelo Congresso…
Presidente Bolsonaro indica Aras para novo mandato na PGR

Presidente Bolsonaro indica Aras para novo mandato na PGR

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira (20) que indicou o atual procurador-geral da República, Augusto Aras, para um novo…