Correio de Carajás

Mototaxista se diz vítima de um estranho assalto

Felipe conversou com a Imprensa na manhã de ontem sobre o estranho assalto do qual foi vítima/ Foto: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Quando o taxista Felipe Nascimento Santos começou seu dia de trabalho, nesta quarta-feira (22), logo bem cedinho, jamais imaginou que viveria momentos de muito medo e adrenalina e que iria parar na delegacia. Ele diz que foi assaltado e ainda obrigado a auxiliar o bandido que o atacou a roubar uma motocicleta.

Felipe registrou Boletim de Ocorrência Policial na 23ª Seccional de Polícia Civil de Marabá e também conversou com a Imprensa na porta da delegacia. Ele pediu para que seu rosto não apareça, pois teme ser encontrado pelo bandido que o atacou.

O profissional relatou que estava no Terminal Agrorrodoviário Miguel Pernambuco, no Km 6 (Nova Marabá), por volta das 5h30 da manhã, quando pegou um passageiro para levar até o bairro São Félix. Mas o problema foi na volta, quando, em frente à entrada da ocupação da Folha 1, foi abordado por um suposto passageiro: era o assaltante.

Leia mais:

Felipe conta que tão logo o passageiro montou na garupa da moto, já anunciou o assalto e meteu a mão no seu bolso, pegando sua carteira, e mandou ele seguir viagem. A vítima relata que ainda ponderou com o criminoso para que este o deixasse em paz, pois já tinha pegado o que queria. Acontece que o fora da lei queria mais.

Com o coração na mão, Felipe disse que andou com o bandido pelas ruas da Nova Marabá e, ao chegarem à altura da Folha 27, o criminoso avistou um motociclista e mandou que Felipe “fechasse” o motoqueiro, pois ele iria roubar a moto.

Felipe diz que obedeceu e o criminoso derrubou o rapaz da moto e, de arma em punho, tomou o veículo. “Nessa hora, eu saí correndo atrás dele e gritei pra devolver pelo menos meus documentos, mas ele só jogou meu capacete no chão e fugiu. Não consegui recuperar meus documentos e nem meus seiscentos reais que estavam na carteira”, contou.

Ainda de acordo com a vítima, ao voltar ao local do assalto não encontrou mais o dono da motocicleta roubada. Diante disso, ele seguiu até a 21ª Seccional e registrou ocorrência. A reportagem não conseguiu apurar se o dono da moto roubada também registrou ocorrência no decorrer do dia de ontem.

SAIBA MAIS

Felipe Santos contou para a Imprensa que em seis anos trabalhando como mototaxista nunca havia sido assaltado.

(Chagas Filho)

 

Comentários

Mais

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Os advogados Geovane Oliveira Junior e Abraunienes Faustino de Sousa concederam entrevistas na tarde desta quarta-feira (23) se posicionando sobre…
Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão contra os empresários Mauro de Souza Davi, o Marola, que atua na promoção…
Homem é preso por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Homem é preso por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes em Redenção, sul do Estado.…
PM é recebida a tiros após desarticular ponto de drogas em Marabá

PM é recebida a tiros após desarticular ponto de drogas em Marabá

A Polícia Militar de Marabá foi recebida a tiros por suspeitos de tráfico de drogas no início da noite de…
Moedas do Brasil Império são apreendidas pela PF no Pará

Moedas do Brasil Império são apreendidas pela PF no Pará

A Polícia Federal apreendeu na manhã desta quarta-feira (23) moedas datadas da época do Brasil Império que foram encontradas por…
MP Eleitoral pede ao TSE cassação do senador Zequinha Marinho

MP Eleitoral pede ao TSE cassação do senador Zequinha Marinho

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) recorreu nesta segunda-feira (21) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF), contra decisão…