Correio de Carajás

Marabá: Novo decreto normatiza praias e amplia horário de bares

LIBERAÇÃO

Fiscalização, no entanto, será mantida nos balneários / Foto: PMM
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Apesar da proibição que vigorava – via decreto – as praias e balneários de Marabá, desde o início de junho estavam sendo frequentadas por vários banhistas e famílias que tentavam fugir do calor e aproveitar um pouco das belezas naturais dos rios que banham o município. Agora a Prefeitura Municipal mudou a abordagem e decidiu autorizar e normatizar, de forma clara, o uso das praias, igarapés e balneários neste verão.

É do que trata o Decreto nº 216, publicado em 28 de junho de 2021 e que entra em vigor a partir desta quinta-feira, dia 1º de julho. O documento também permite o funcionamento de atividades comerciais no local. Contudo, fica proibido o acampamento e a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas após às 18h.

As embarcações que fazem o transporte dos banhistas, como barcos e rabetas, devem oferecer álcool 70% para que todos higienizem as mãos e os assentos devem passar por limpeza adequada.

Leia mais:

Por fim, o decreto finaliza alterando o horário de funcionamento de bares e restaurantes, que devem passar a ser fechados 1 hora.

Jader Santos, representante da Associação dos Bares e Restaurantes de Marabá, comemorou o novo horário.

“Essa é mais uma conquista nossa. Sentamos junto com as autoridades, dialogamos e graças a Deus deu certo. Muita gente está entrando de férias e temos essa tradição cultural na cidade e o movimento acaba aumentando muito nesse período. E é necessário que a gente tenha algo a oferecer para os turistas com segurança. Os bares e restaurantes estão seguindo todas as normas e com fiscalização ativa dos órgãos de segurança”, afirma.

A capacidade de funcionamento também foi alterada, agora passa a ser 60% da capacidade total.

As distribuidoras de bebidas não entraram no novo decreto e continuam funcionando até às 22h. Assim como as casas noturnas que permanecem fechadas. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

O Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz), encaminhou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o…
OMS declara a B.1.1.529 como 'variante de preocupação' e dá o nome de 'ômicron'

OMS declara a B.1.1.529 como 'variante de preocupação' e dá o nome de 'ômicron'

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a B.1.1.529 como uma “variante de preocupação” e escolheu como nome “ômicron”. Com essa classificação, a nova…
Prefeitura de Marabá cancela réveillon, mas divulga no mesmo dia grande evento esportivo

Prefeitura de Marabá cancela réveillon, mas divulga no mesmo dia grande evento esportivo

Nesta quinta-feira (25), a Prefeitura Municipal de Marabá, por meio do seu site oficial, divulgou uma nota confirmando o cancelamento…
Folha não publicou tuíte questionando se absolvição de jovem nos EUA pode estimular bolsonaristas a atirarem contra manifestantes no Brasil

Folha não publicou tuíte questionando se absolvição de jovem nos EUA pode estimular bolsonaristas a atirarem contra manifestantes no Brasil

Falso É falsa a montagem que circula no Facebook simulando tuíte do jornal Folha de S.Paulo com o título “A…
Turismo nacional deve encerrar o ano com crescimento de 16%

Turismo nacional deve encerrar o ano com crescimento de 16%

O turismo brasileiro deve terminar o ano com crescimento de 16% e faturamento de R$ 130 bilhões, 22% inferior ao…
Atraso na entrega e propaganda enganosa lideram reclamações na Black Friday

Atraso na entrega e propaganda enganosa lideram reclamações na Black Friday

As reclamações de consumidores devido a atrasos em entregas de produtos lideram o ranking nesta Black Friday, representando 20,94%. Segundo levantamento…