Correio de Carajás

Avô é preso por estupro da neta de três anos

PARAUAPEBAS

Manoel Ferraz Neto, de 71 anos, é acusado de estuprar a própria neta e foi preso nesta quarta-feira (30)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Manoel Ferraz Neto, de 71 anos, foi conduzido ao cárcere nesta quarta-feira (30)

Manoel Ferraz Neto, de 71 anos, foi preso nesta quarta-feira acusado de ter estuprado a neta, de três anos. Ele foi denunciado após a mãe da criança dar entrada no Hospital Geral de Parauapebas (HGP) alegando que sua filha estava sentindo muitas dores na região pélvica.

Segundo a delegada Ana Carolina Carneiro, da Delegacia da Mulher de Parauapebas, a genitora procurou o hospital na terça-feira (29), após a criança se queixar de dores. Após avaliação médica, foram constatados alargamento e vermelhidão do canal vaginal, sugestivo estupro, além de um forte odor.

Ainda segundo a delegada, a criança verbalizou que Manoel havia feito contato com a região íntima dela e a babá da menina relatou que ela se queixava das dores há algum tempo, sempre nas segundas e terças, após ter passado o fim de semana na casa dos avós.

Leia mais:

Ana Carolina declarou que Manoel negou as acusações e exigiu provas do suposto estupro, mas que diante dos fatos apresentados decidiu autuar o idoso em flagrante para resguardar a saúde física e mental da criança.

Manoel prestará depoimento e em seguida será encaminhado à Cadeia Pública de Parauapebas, onde aguardará decisão judicial sobre  caso.

ATUALIZAÇÃO: Em entrevista ao Portal Correio de Carajás, o advogado de Manoel Ferraz Neto, Deivid Benasor, declarou que a defesa do acusado apresentou em audiência de custódia pedido de revogação do auto em flagrante, uma vez que a prisão não aconteceu desta forma. Apesar do flagrante ter sido revogado, a autoridade judicial determinou prisão preventiva contra Manoel pela natureza grave da acusação.

Advogado Deivid Benasor falou sobre a acusação recebida por Manoel Ferraz Neto (Imagem: Ronaldo Modesto)

O acusado se diz inocente e alega que é pai de nove filhos entre homens e mulheres e avô de outras netas, e jamais teria uma atitude como esta. A representação do idoso está trabalhando em um Habeas Corpus para que Manoel responda o processo em liberdade. (Juliano Corrêa – com informações de Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Equatorial Pará acompanha operação da Polícia Civil no combate ao furto de energia

Equatorial Pará acompanha operação da Polícia Civil no combate ao furto de energia

A Equatorial Energia Pará, distribuidora de energia do Estado, ofereceu apoio às equipes da Polícia Civil, que estão atuando durante…
Populares capturam ladrão de moto no Betânia

Populares capturam ladrão de moto no Betânia

Um furto na Rua Matusalém, no bairro Betânia, em Parauapebas, deu errado para o autor, Eldione da Silva Farias, que…
Traficante da bike é preso no Bairro da Paz

Traficante da bike é preso no Bairro da Paz

A Polícia Militar realizou a prisão de Leonardo de Jesus Carvalho, de 22 anos, que estava traficando maconha em uma…
Valentão agride mulher, mas se esconde nos fundos da casa quando a polícia chega

Valentão agride mulher, mas se esconde nos fundos da casa quando a polícia chega

No dia de ontem, quarta-feira (24), a Polícia Militar atendeu a uma ocorrência de violência doméstica, que ocorreu na Rua…
Dupla de assaltantes é presa no Bairro Liberdade, em Marabá

Dupla de assaltantes é presa no Bairro Liberdade, em Marabá

Na noite desta quarta-feira (24), a Polícia Militar fazia rondas nas proximidades da Rua Orlando Solino, no Bairro Liberdade, Núcleo…
João de Deus é condenado a mais 44 anos de prisão por estupro

João de Deus é condenado a mais 44 anos de prisão por estupro

João de Deus foi condenado a 44 anos de prisão por estupro contra duas mulheres e estupro de vulnerável contra outras…