Correio de Carajás

Mais um assaltante morre em embate com policiais

Fuzil foi encontrado com o assaltante que morreu no confronto com a polícia (Foto: Divulgação)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Uma propriedade rural de Tucuruí, Região do Lago, era usada como base dos criminosos que assaltaram um avião de transporte de valores, no último dia 3, no aeroporto do município, e foi descoberta por policias civis e militares. Durante a abordagem policial no local, três homens armados atiraram com fuzis em direção às equipes policiais. Na troca de tiros, um dos homens foi baleado e socorrido, mas não resistiu e morreu.
A operação policial ocorreu na zona rural, nas proximidades da Vila Garimpeira, em uma propriedade rural identificado como ponto de base dos assaltantes na ação criminosa. A equipe policial cercou a área e foi surpreendida por três homens, que estavam na área na propriedade rural, e reagiram contra as equipes realizando disparos de fuzil. Dois deles, no momento da troca de tiros, fugiram para uma área de mata situada às proximidades da área.
Geovanne Gonçalves Corrêa, 32 anos, acabou baleado. Socorrido pelos policiais, ele não resistiu. Todo material foi apreendido. As investigações irão prosseguir para localização dos demais envolvidos com o grupo criminoso. A operação policial foi realizada por policiais da DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado), do GTO (Grupamento Tático Operacional), CIOE (Companhia Independente de Operações Especiais) e Guarnições da Polícia Militar de Tucuruí, com apoio do helicóptero do GRAESP (Grupamento Aéreo de Segurança Pública).
Com ele, foi apreendido um fuzil de calibre 5.56 com 26 munições, dois coletes à prova de balas, roupas e gandolas (fardas militares) camufladas. A ação policial é resultado da continuidade das diligências para identificação e localização do grupo de assaltantes.
No último dia 6, as equipes das Polícias Civil e Militar recuperaram valores em dinheiro roubados e apreenderam explosivos e armas usados no crime. Os policiais militares e civis localizaram uma quantidade em dinheiro, uma metralhadora calibre ponto50 com munições, carregadores de fuzis calibre 5.56 e de pistolas ponto40, além de coletes balísticos, explosivos e máscaras utilizadas na ação criminosa.
No dia 5, os policiais civis e militares entraram em confronto com Adriano Brandão, conhecido como “Adriano Pânico”, apontado como líder do grupo responsável pelo assalto. Ele resistiu à prisão, foi atingido e morreu na mata, também às proximidades do quilômetro 29 da rodovia Transcametá. Com Adriano, os policiais civis e militares apreenderam uma arma de fogo tipo Fuzil calibre AK 47, de alto poder de fogo, armamento de uso permitido por lei apenas às Forças Armadas. (Antônio Barroso/Freelancer)

Mais

Execução de adolescente está cercada de mistério no Residencial Tocantins

Execução de adolescente está cercada de mistério no Residencial Tocantins

Um mistério cerca um homicídio ocorrido às 20 horas desta sexta-feira (14) no Núcleo São Félix, especificamente no Residencial Tocantins,…
Piloto morre em colisão de moto com caminhonete entre Parauapebas e Curionópolis

Piloto morre em colisão de moto com caminhonete entre Parauapebas e Curionópolis

A colisão entre uma motocicleta e uma caminhonete tirou a vida de Aldecir Simão Borges, de 44 anos de idade,…
Policial reage a tentativa de assalto e é baleado com três tiros

Policial reage a tentativa de assalto e é baleado com três tiros

Um policial militar foi baleado após reagir a uma tentativa de assalto nesta sexta-feira (14), em Redenção, no sul do…
“Boca de fumo” é denunciada e duplinha vai presa por tráfico de drogas

“Boca de fumo” é denunciada e duplinha vai presa por tráfico de drogas

A denúncia de uma “boca de fumo” levou uma guarnição da Polícia Militar a encaminhar para a Delegacia de Polícia…
Bêbado invade casa e ameaça mãe e bebê em Parauapebas

Bêbado invade casa e ameaça mãe e bebê em Parauapebas

É confuso explicar os motivos que teriam levado Dheymisom Teodoro Santana a ameaçar uma mulher com um bebê, no Bairro…
Parauapebas: Ladrão de moto foge e dá trabalho para a PM no Rio Verde

Parauapebas: Ladrão de moto foge e dá trabalho para a PM no Rio Verde

Gedsom Souza Silva foi parar na 20º Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas após tentar fugir de uma guarnição…