Correio de Carajás

Folha 11: Feirantes são retirados de canteiro público

Equipes da PMM estiveram no local na tarde desta sexta-feira para impedir a ocupação da área/ Fotos: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Departamento de Postura, com apoio da Guarda Municipal de Marabá, interrompeu a demarcação de pontos em um canteiro público da Folha 11, Nova Marabá, na tarde desta sexta-feira (30). Jurandir Rodrigues, de 50 anos, era uma das pessoas que mobilizava a futura ocupação, alegando terem sido deixados de lado pela Prefeitura Municipal na distribuição de espaço em uma feira criada recentemente no bairro.

“Eu e um grupo de pessoas estamos tentando nos juntar à feira que fizeram porque as vagas foram poucas e tem muita gente pra trabalhar, tem muita gente desempregada. Aí começamos a marcar outros pontos”, disse, acrescentando que foram tratados com desrespeito pelos representantes municipais.

“O cidadão da Prefeitura Municipal de Marabá chegou aqui tratando todo mundo mal, voltou com a Guarda Municipal, só estávamos marcando aqui os pontos e pegando os nomes das pessoas para podermos trabalhar. Em torno de 60 pessoas não foram beneficiados. Tem muita gente lá que não ganhou, não deu pra todos e não querem deixar fazermos aqui”, afirmou.

Leia mais:

Reginaldo Araújo Nascimento também reclamou da abordagem dos servidores municipais. “Em nenhum momento fomos agressivos e eles chegaram com a polícia, era só ter conversado com a gente, todo mundo aqui é civilizado. Polícia a gente chama pra bandido, aqui todo mundo tá desempregado, caçando meio de trabalhar”, afirma.

Reclamou, ainda, de falta de apoio e interferência dos vereadores em favor dos feirantes. “A fiscalização chega então eles sabem que estamos aqui. A gente vota neles e nessa hora não aparece nenhum vereador para nos defender, ninguém tá roubando e nem quebrando nada, não somos vândalos. A PMM fez o aterro e não beneficiou todo mundo, muita gente fez o cadastro e não foi contemplado”, observou.

Ouvido pelo Jornal Correio, o coordenador de Postura, Túlio Rosemiro Pereira, disse que a ocupação é irregular e por isso foi desmobilizada. “Eles estão invadindo o canteiro central, isso não tem lógica e nem sentido. Estão tentando fazer uma feira sendo que já tem área pra feira, é suficiente e aqui estão vendendo ponto. Uma delegada esteve aqui e eles ofereceram um ponto para ela, ela que denunciou essa questão”.

Ainda segundo ele, trata-se de uma “invasão irresponsável”, vez que o capim foi arrancado. “O asfalto vai embora porque ele (capim) que segura a contenção”. Acrescentou que já há área autorizada no local e que para ser testada como feira. “Vamos tentar fazer esta feira para ver se dá certo, se não der vamos tirar também. A intenção é que dê certo”.

Questionado sobre os feirantes que ficaram sem ponto, Túlio afirmou que “nunca será suficiente para todos”. “Estamos retirando o que está em praça e via pública e não vamos permitir nada ilegalmente. Pra tudo tem limite, a quantidade é aquela e pronto, não tem como perder o controle e não pode invadir, se invadir vamos retirar novamente”, finalizou. (Com informações de Adriana Oliveira)

 

Comentários

Mais

Máscaras de proteção contra Covid deixam as pessoas mais atraentes, diz pesquisa

Máscaras de proteção contra Covid deixam as pessoas mais atraentes, diz pesquisa

As pessoas ficam mais atraentes com o uso de máscaras de proteção contra a Covid-19. Pelo menos é o que…
SP e Rio adiam desfiles de escolas de samba para abril devido a aumento de casos de Covid

SP e Rio adiam desfiles de escolas de samba para abril devido a aumento de casos de Covid

Os prefeitos de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), e do Rio, Eduardo Paes (DEM), anunciaram em conjunto na noite desta…
Rio Tocantins desce 39 centímetros em quatro dias

Rio Tocantins desce 39 centímetros em quatro dias

Depois de ter batido a casa dos 13,09 metros no início da semana, o Rio Tocantins começou a recuar nos…
Governo confirma 3ª onda no Pará e divulga estratégias

Governo confirma 3ª onda no Pará e divulga estratégias

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) anunciou uma série de ajustes nas estratégias de combate à Covid-19 em…
Cadastro de quem não está em abrigos começa hoje para vítimas da enchente

Cadastro de quem não está em abrigos começa hoje para vítimas da enchente

Na manhã desta sexta-feira (21), centenas de pessoas formavam filas em frente a Defesa Civil de Marabá atrás do cadastramento…
Anac autoriza delivery por drones no Brasil

Anac autoriza delivery por drones no Brasil

Entregas comerciais poderão ser realizadas via drones no Brasil, inclusive de alimentos, autorizou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta…