Correio de Carajás

FCCM será depositária de peças pré-históricas

Algumas das peças pré-históricas encontras na região e que virão para o acervo da FCCM

ENCONTRADAS NA REGIÃO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Diversos vestígios pré-coloniais foram encontrados em sítios arqueológicos na extensão das obras do Projeto Novo Estado (PNE), da ENGIE Brasil Energia, no Pará. Os achados são resultado das atividades do Programa de Gestão do Patrimônio Arqueológico, licenciado junto ao Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Entre os artefatos, encontrados nos locais onde as populações do passado habitavam ou acampavam para produzir instrumentos, estão peças de cerâmica e pedras, que serão entregues a instituições de guarda.

Antes do início das obras do PNE, foram realizadas prospecções sistemáticas na extensão das linhas de transmissão, incluindo poços de verificação, a fim de detectar a existência de vestígios e sítio arqueológicos.

A arqueóloga Luciana Ribeiro comemora as descobertas nas regiões e explica que, a partir dos dados destas escavações, será possível contribuir com as pesquisas e oportunizar um diálogo sobre a historicidade das regiões. “Os vestígios coletados em campo vão passar por análises em laboratórios e, após serem sistematizados, vão para a instituição de guarda que, é a Fundação Casa da Cultura de Marabá. Lá, eles estudam todas as coleções com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre o passado e as origens da sociedade para promover um diálogo com as comunidades”, explica.

Leia mais:

Com ações focadas em dois tipos de sítios – os líticos e os cerâmicos, mais de 30 profissionais, entre arqueólogos, geógrafos, técnicos e educadores, que estudam a prevenção do meio ambiente em campo, são responsáveis pelas ações. “É a partir destes estudos, que descobriremos onde habitavam as populações pré-históricas e quais eram seus hábitos de vida. É através das escavações, que evidenciam os vestígios da cultura material, como restos de fogueiras, alimentos, ferramentas ou habitações que descobriremos mais sobre as populações passadas”, afirma Luciana.

O gerente do PNE, Leandro Magri, reforça que o Programa tem como objetivo valorizar o patrimônio arqueológico, histórico e cultural na região do empreendimento. “Essa é uma forma das comunidades ampliarem os conhecimentos sobre os bens arqueológicos, históricos e culturais disponíveis, para internalizar e repassar a ideia de conservação e preservação”, diz ele.

No Projeto Novo Estado, todos os processos de análise da arqueologia são realizados a partir de estudos amplos que envolveram entrevistas e visitas em campo, a fim de identificar as áreas com potencial relevância. Neste momento foram encontrados sítios e vestígios nos municípios de Curionópolis, Anapu e Pacajá, no Pará.

Sobre a ENGIE

A ENGIE é referência mundial em energia e serviços de baixo carbono. Com nossos 170 mil colaboradores, clientes, parceiros e stakeholders, estamos comprometidos em acelerar a transição para um mundo neutro em carbono, através do consumo reduzido de energia e soluções mais sustentáveis. Inspirados em nosso propósito, nós conciliamos performance com um impacto positivo sobre as pessoas e o planeta nos apoiando nas nossas atividades chave (gás, energia renovável e serviços) para oferecer soluções competitivas aos nossos clientes.

No Brasil, a ENGIE é a maior empresa privada de energia do País, atuando em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas. Com capacidade instalada própria de 10.791MW em 72 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade nacional, a empresa possui quase 90% de sua capacidade instalada proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de GEE, como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa. (Divulgação)

Comentários

Mais

Líder da Fetraf estadual perde luta contra o câncer

Líder da Fetraf estadual perde luta contra o câncer

Nesta terça-feira, dia 27, Viviane Pereira de Oliveira, a popular Vivian, perdeu a luta de oito anos contra um tumor…
Moradores da Vila do Rato aprovam ponte interligando ao Bairro Amapá

Moradores da Vila do Rato aprovam ponte interligando ao Bairro Amapá

Após a notícia da possível construção de uma ponte interligando os bairros Amapá e Marabá Pioneira, passando pela Vila Canaã…
Professores de Marabá voltam às escolas dia 9 de agosto

Professores de Marabá voltam às escolas dia 9 de agosto

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, em março de 2020, todos os professores da rede municipal de Educação…
Enfermeiros consolam homem com fobia de agulha para vaciná-lo na Paraíba [VÍDEO]

Enfermeiros consolam homem com fobia de agulha para vaciná-lo na Paraíba [VÍDEO]

Brincadeiras à parte, muitos adultos possuem fobia de agulha – uma condição conhecida como ‘Aicmofobia‘. Esse pavor inconsciente por vezes…
Presidente do Flamengo e mais quatro são denunciados pelo MPF por prejuízo a fundos de pensão

Presidente do Flamengo e mais quatro são denunciados pelo MPF por prejuízo a fundos de pensão

O Ministério Público Federal de Brasília denunciou à Justiça o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e outras quatro pessoas pelo…
Butantan entrega mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac

Butantan entrega mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac

O Instituto Butantan entregou hoje (28) mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida em parceria…