Correio de Carajás

Réu pega 10 anos por homicídio qualificado

O crime ocorreu em 2016 e, com a condenação, o caso está encerrado/ Foto: Divulgação/TJPA

MARABÁ

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A 3ª Vara Criminal da Comarca de Marabá realizou esta semana o julgamento de Gilson Souza Rodrigues, réu por homicídio qualificado, acusado de ter desferido golpes de arma branca, do tipo faca, contra Abdias Batista Nicolau em 22 de janeiro de 2016. O Conselho de Sentença entendeu por não absolver o réu e o juiz de direito substituto, presidente do Tribunal do Júri, Tadeu Trancoso de Souza, fixou a pena em 10 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado.

A acusação pugnou pelo reconhecimento do crime de homicídio simples, conduta tipificada no artigo 121, caput, do Código Penal. A defesa do denunciado pugnou pelo reconhecimento da legítima defesa, pedindo sua absolvição. Após a citação, o réu tomou rumo incerto e seu paradeiro é ignorado até a presente data. Na sessão plenária, a prisão preventiva de Gilson foi decretada e o mandado de prisão expedido.

O júri ocorreu em meio à realização de Correição Geral Ordinária na Comarca de Marabá, designada pela corregedora-geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), desembargadora Rosileide Maria da Costa Cunha, que junto aos juízes auxiliares Lúcio Guerreiro e Ana Angélica Olegário, e servidores e servidoras da Corregedoria, desde a segunda-feira, 5, vêm desenvolvendo os trabalhos na Comarca do sudeste paraense.

Leia mais:

Por meio da orientação, o órgão correcional tem a expectativa de fazer um trabalho preventivo e de incentivo às Varas. Nos dias 7 e 8, as 2ª Vara Cível e 2ª Vara Criminal passarão pelos trabalhos e, no dia 9, serão correicionadas as Vara Agrária e Juizado do Meio Ambiente. Nos dias 5 e 6, passaram pela correição as 1ª Vara Cível e a 1ª Vara Criminal.

A equipe da Corregedoria monitora a organização das varas e o andamento dos feitos. São ainda apresentados os sistemas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e avaliada a produtividade mediante a apuração das metas nacionais. (Ascom/TJPA)

Comentários

Mais

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

Um policial militar foi baleado durante uma briga generalizada numa festa de aniversário. O incidente ocorreu na terça-feira, 27, na…
Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

A Polícia Federal atualizou na tarde desta quarta (28) os resultados da “Operação 1200”, desencadeada pela manhã em Ourilândia do…
PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

Nos dois últimos dias a Polícia Rodoviária Federal prendeu duas pessoas por porte ilegal de armas de fogo na cidade…
Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Uma operação da Polícia Civil do Pará prendeu uma mulher apontada como uma das maiores estelionatárias do estado na manhã…
Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Foram autuados por furto Weverton Vitorino Souza e Janielson Bomfim de Carvalho após crime verificado na empresa onde ambos trabalham,…
PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

A Polícia Federal em Redenção deflagrou nesta quarta-feira (28) a “Operação 1200” de combate a crimes ambientais, extração ilegal de…