Correio de Carajás

Estudante agredida em briga está hospitalizada

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Quatro estudantes do Ensino Médio da Escola Estadual Raimundo Ribeiro de Souza, na cidade de Tucuruí, protagonizaram uma cena triste no pátio da escola. A desavença teria começado após uma partida de jogo de handebol. As quatro são menores de idade. A vítima foi identificada como Anna Layne.

Uma das estudantes foi violentamente agredida até cair desmaiada por uma colega dentro da escola estadual, na manhã de quinta-feira (25). Vários vídeos filmados por colegas e mostram a agressividade estão circulando na internet.  Os colegas não interferiram na briga.

As imagens são fortes. O trecho do vídeo mostra uma aluna de 17 anos batendo em uma colega de escola, que não reage. A vítima aparece no chão sendo agredida com chutes nas costelas e na cabeça. Nesse momento, uma colega da vítima tenta interferir, mas também é agredida por outra aluna. A menina então e arrastada pelos cabelos até uma vala, onde cai de peito para cima. A jovem agressora desfere vários chutes no rosto da menina, que desmaia. Ela é carregada por outros colegas.

Leia mais:

“Nesse caso, o que temos que fazer é seguir o regimento da rede pública de ensino estadual”, disse a diretora da escola, Anisia Batista, que informou que chamou a polícia.

SEDUC

Em nota, A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou que repudia qualquer tipo de violência e que a direção da Escola Estadual de Ensino Médio Raimundo Ribeiro de Souza, em Tucuruí, tomou as providências imediatamente.

Ainda segundo a Seduc, a briga ocorreu ao final de uma partida de handebol no colégio. O time da agressora ganhou a partida e mesmo assim ela cometeu o ato de violência. A direção escolar já acionou os pais de todas as estudantes envolvidas na situação de violência. As estudantes agressoras serão transferidas da escola.

POLÍCIA CIVIL

Em nota, a Polícia Civil informou que as quatro alunas envolvidas na briga têm idade menor que 18 anos. As duas agressoras foram levadas para a Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente (Deaca), sediada no Pró Paz Integrado de Tucuruí, e serão autuadas por ato infracional de lesão corporal contra as duas vítimas.

Já a vítima que acabou desmaiada, de acordo com a PC, foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do município e segue hospitalizada. Depois de passar por vários exames na região da cabeça, a jovem está bem, mais segue no hospital ser recuperando. A previsão da família é que amanhã ela já receba alta médica nesta quinta-feira. (Antônio Barroso – freelancer)

 

Saiba mais

Desde ontem, circulam boatos pelas redes sociais de que a menina agredida teria morrido, mas tudo não passou de especulação. Pelo menos até ontem ela permanecia internada.

 

Mais

Operação policial no Jacarezinho deixa pelo menos 25 mortos

Operação policial no Jacarezinho deixa pelo menos 25 mortos

Uma operação da Polícia Civil do RJ contra o tráfico de drogas no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, deixou 25…
Trotes atrapalham as ações da polícia em Marabá

Trotes atrapalham as ações da polícia em Marabá

Todos os dias a Polícia Militar de Marabá atende diversas ligações falsas, os chamados trotes. Muitas das vezes, a equipe…
PRF apreende 105 toneladas de minério ilegal em caminhão na BR-222

PRF apreende 105 toneladas de minério ilegal em caminhão na BR-222

Um caminhão que transportava 105 toneladas de minério ilegal foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no sudeste do Pará.…
Foragido da justiça é linchado por populares da Folha 16 após esfaquear homem

Foragido da justiça é linchado por populares da Folha 16 após esfaquear homem

Por volta das 16 horas desta quarta-feira, 5, um homem foi esfaqueado na Folha 16, no bairro Nova Marabá. A…
Mulher mata o marido com golpes de faca no Bairro Araguaia

Mulher mata o marido com golpes de faca no Bairro Araguaia

Uma discussão de casal terminou em tragédia na noite desta quarta-feira (5), no bairro Araguaia, em Marabá. Após receber um…
Foragido de Manaus é preso em Altamira

Foragido de Manaus é preso em Altamira

Alexandre Vargas de Souza, 26 anos de idade, era foragido do sistema judiciário do município de Manaus (AM). A descoberta…