Correio de Carajás

Eleição no Sindecomar vira “Caverna do Dragão” e se arrasta há um ano

Assembleia geral frustrada foi motivo de tumulto e polícia na sede do Sindecomar | Fotos: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Decisão da desembargadora Isa Selene Duarte Sirotheau Correa Braga, do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRF-8), revogou a realização assembleia geral marcada para acontecer na sede do Sindicato dos Empregados no Comércio do Município de Marabá (Sindecomar) na noite de terça-feira (3). O ato definiria o comitê responsável por comandar a eleição da nova diretoria da entidade.

A expectativa de produzir a assembleia chegou a mobilizar centenas de trabalhadores para o Núcleo Pioneiro de Marabá, que abriga a sede do sindicato. Todos foram frustrados, porém, com o anúncio da suspensão do ato, publicado em edital. Inconformados, os presentes denunciaram ameaças do grupo de situação e gritaram palavras de ordem. A Polícia Militar foi acionada.

O imbróglio das eleições do Sindecomar perdura desde novembro de 2019, quando o mesmo TRF-8 suspendeu, em sentença liminar, o processo eleitoral para escolha da diretoria. Por lá, concorrem as chapas “Renovação e Transparência” (Chapa 1) e “Hora de Mudar” (Chapa 2). O sindicato ainda é administrado por João Luís da Silva Barnabé. Assim, a eleição no sindicato, que já foi um dos mais fortes de Marabá, mais parece o desenho Caverna do Dragão, em que os personagens tentam em cada episódio retornar a seu mundo e não conseguem. Mesmo a Justiça, que lembra o papel de Mestre dos Magos, não dá conta de tantas polêmicas envolvendo os personagens dessa novela de enredo-sem-fim.

Leia mais:
Presidente João Luís rebate acusações dos adversários

Desta vez, o embargo se deu em virtude de uma alegada incoerência no estatuto da representação dos trabalhadores do comércio de Marabá. Pelo documento, a base do Sindecomar também contemplaria Parauapebas, que já possui o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Parauapebas (Sintracpar).

Em consonância com a lei, dois sindicatos de igual finalidade não podem ocupar a mesma base territorial. De posse dessa regra, o Sintracpar ingressou com pedido na Justiça do Trabalho para impedir a realização da assembleia do Sindecomar.

De acordo com o advogado Rodrigo Albuquerque Botelho da Costa, representante da Chapa 2, há possibilidade de anulação do parecer do TRF-8. Além disso, ele requereu junto à 2ª Vara do Trabalho de Marabá o afastamento da atual gestão para garantir a lisura do processo eleitoral.

Rodrigo Botelho ainda aponta um fato curioso: um dos advogados de Parauapebas também representa Marabá, levando a crer que a mesa diretora em exercício de Marabá atuou no conflito de interesses para postergar o movimento democrático.

Rodrigo Botelho (ao centro de máscara vermelha) fala em suposta manobra da atual diretoria

O presidente João Luís, por seu turno, nega que tenha procedido contra a assembleia geral dos trabalhadores. “Cumpriremos a determinação do tribunal. Foi Parauapebas que questionou Marabá. Nós estávamos aqui com o propósito de promover a assembleia. Não temos medo de ir para o voto. Eu sou a favor das eleições, desde que o processo seja legal e em conformidade com o estatuto [do sindicato]”, finalizou.

Mais capítulos desta longa novela devem ser conhecidos nos próximos dias. Os advogados das partes interessadas no processo eleitoral prometem brigar na Justiça para assegurar o respeito ao ordenamento jurídico e às instituições democráticas. (Da Redação | Fotos de Evangelista Rocha)

Mais

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Um morador nada comum deu o “ar da graça” e surpreendeu a população da Folha 6. Um filhote de jacaré…
Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

O prefeito Tião Miranda publicou, no final da tarde desta quinta-feira, 13, uma Nota de Repúdio contra manifestações de sindicalistas…
Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (13), a maior remessa de doses de vacinas contra Covid-19,  com um total…
Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Os proprietários de veículos com final de placas 76 a 96 poderão pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores…
Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Selecionada por um edital do Banco da Amazônia, a exposição “Suaves Brutalidades”, de Henrique Montagne Figueira, tinha um vernissage virtual…
Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu na terça-feira (11) solicitar a órgãos públicos a tomada de medidas para evitar que…