Correio de Carajás

Marabaense pouco usa aplicativo para denunciar crime eleitoral

App Pardal está disponível nas lojas gratuitamente e denúncias são apuradas pelo Ministério Público
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

As denúncias de propaganda eleitoral irregular seguem crescendo no Pará. Segundo o aplicativo Pardal, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Pará já recebeu até a tarde desta quarta-feira (04), 1.282 denúncias.

O objetivo principal do Pardal é facilitar o trabalho de apuração por parte dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e do Ministério Público Eleitoral, que podem contar com os cidadãos para atuar como fiscais da eleição no combate à corrupção eleitoral.

Com relação aos municípios, quem lidera o número de denúncias é Belém, com 345 reclamações. A segunda colocada é a vizinha Ananindeua, com 120 reclamações. Marituba completa do time da Região Metropolitana da Capital com outras 55 denúncias.

Leia mais:

Marabá, embora seja o 4º maior município do Estado, está na 15ª posição em relação às denúncias que chegam à Justiça via Pardal. Até agora foram registradas 18, número bem menor que outros municípios pequenos do Estado, como Santa Luzia do Pará (41), Barcarena e Vigia (ambas com 36).

Embora o clima político esteja quente em Parauapebas, por lá, até agora, só foram registradas seis denúncias eleitorais contra 8 de Canaã dos Carajás, 14 de Xinguara e 31 de Tucuruí. Curionópolis foram apenas três e São Domingos do Araguaia 4.

Na região Norte, o Pará é o estado que mais registrou denúncia no sistema do TSE, com os 1.282 casos citados acima. Curiosamente, nem juntando os outros cinco estados não chegam perto dos paraenses. Amazonas (382); Amapá (122); Acre (59); Rondônia (251); e Roraima (56) não somam mil denúncias na somatória.

Juntando Norte e Nordeste, o Pará só fica atrás de outros quatro estados: Pernambuco (5032); Bahia (3906); Ceará (1699); e Maranhão (1308).

Criado em 2014 pela Justiça Eleitoral, a plataforma Pardal facilita o trabalho de apuração por parte dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e do Ministério Público Eleitoral, com base na participação popular. Usando o recurso, toda a sociedade pode atuar como fiscal da eleição no combate à corrupção eleitoral.

O aplicativo Pardal trouxe novidades para as Eleições 2020. As versões anteriores do aplicativo ofereciam um espectro muito amplo, com todas as irregularidades envolvendo eleições. Agora, o app passou por uma reformulação, a fim de voltar o foco para os ilícitos cometidos na propaganda eleitoral. (Ulisses Pompeu)

Mais

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Um morador nada comum deu o “ar da graça” e surpreendeu a população da Folha 6. Um filhote de jacaré…
Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

O prefeito Tião Miranda publicou, no final da tarde desta quinta-feira, 13, uma Nota de Repúdio contra manifestações de sindicalistas…
Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (13), a maior remessa de doses de vacinas contra Covid-19,  com um total…
Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Os proprietários de veículos com final de placas 76 a 96 poderão pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores…
Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Selecionada por um edital do Banco da Amazônia, a exposição “Suaves Brutalidades”, de Henrique Montagne Figueira, tinha um vernissage virtual…
Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu na terça-feira (11) solicitar a órgãos públicos a tomada de medidas para evitar que…