Correio de Carajás

Eguchi alega inocência e diz que incomoda no cenário político

Delegado Eguchi, agora afastado das funções, diz que se explicará no momento certo/ Foto: Divulgação

AFASTADO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Delegado federal que quase virou prefeito de Belém na última eleição, agora é acusado pela própria PF de vazar informações para empresários investigados

Uma mala com grande quantidade de dinheiro (em notas de Real, Euro e Dólar) foi encontrada na casa do delegado federal Everaldo Eguchi, nesta quarta-feira (14). Ele foi afastado do cargo sob acusação de vazar informações sigilosas de investigações da Polícia Federal contra exploradores ilegais de minério no sudeste do Pará.

A casa do deputado, que foi candidato a prefeito de Belém na última eleição, é apenas um de oito alvos visitados pela Polícia Federal, em cumprimento de mandados de busca e apreensão emitidos pela 2ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Marabá. Além do delegado, seis empresários também são investigados.

Segundo a Polícia Federal, as investigações começaram em 2018, quando Eguchi, valendo-se do cargo de delegado federal, estaria vazando informações para os empresários investigados, possivelmente em troca de dinheiro, prejudicando as investigações.

Leia mais:

“O vazamento trouxe prejuízo para investigação, uma vez que parte dos investigados tiveram conhecimento antecipado da ação policial, acarretando a não localização de alguns alvos no dia da deflagração da operação”, diz nota da Polícia Federal enviada à Imprensa.

A operação contou com a participação de 35 policiais federais e as diligências foram cumpridas nas cidades de Belém, Marabá, Parauapebas e Goianésia (GO).

Os crimes investigados são de violação de sigilo funcional, corrupção passiva, corrupção ativa e associação criminosa (a famosa formação de quadrilha), com penas previstas superiores a 20 anos de reclusão.

Mala com dezenas de maços de notas de R$ 100, além de Euros e Dólares forma apreendidas na casa de Eguchi/ Foto: Divulgação/Ascom/PF

Eguchi responde

Em nota à Imprensa, Eguchi disse que “fará no momento oportuno uma coletiva de imprensa para esclarecer com transparência e honestidade todos os fatos ocorridos na manhã desta quarta-feira”.

Ele reforça o compromisso com os apoiadores e a sociedade paraense como um todo, afirmando que irá sempre preservar a verdade, elucidando, provando e comprovando a sua inocência.

Ainda segundo a nota, Eguchi diz que como funcionário público federal é sabedor de suas obrigações, principalmente, como um delegado de Polícia Federal que acima de tudo acredita na integridade da instituição federal onde trabalha e seguirá levantando a bandeira de combate à corrupção, postura essa, que vem incomodando muita gente no atual cenário político do estado do Pará. (Chagas Filho com informações da Ascom/PF)

Comentários

Mais

Mulher confirma bolsa fedendo a maconha, mas nega tráfico da droga

Mulher confirma bolsa fedendo a maconha, mas nega tráfico da droga

Maiza Rocha Azevedo, de 23 anos, foi presa na noite desta terça-feira (2), pouco antes da meia-noite, em uma van…
Homem é torturado e morto no Bairro Bom Planalto

Homem é torturado e morto no Bairro Bom Planalto

Mais um caso de assassinato está nas mãos da equipe do delegado Toni Vargas, titular do Departamento de Homicídios da…
Criança de cinco anos sofre abuso por vizinho alcoolizado

Criança de cinco anos sofre abuso por vizinho alcoolizado

Elilson Jhon Bezerra da Silva foi preso na manhã de segunda-feira (2), em Parauapebas, acusado de estupro de vulnerável contra…
Homem é linchado após esfaquear mulher

Homem é linchado após esfaquear mulher

Um homem quase foi linchado após esfaquear uma mulher na tarde do último sábado, 31, em Conceição do Araguaia, região…
Anapu registra três homicídios em menos de 24 horas

Anapu registra três homicídios em menos de 24 horas

A Polícia Civil do município de Anapu, no Sudoeste do Pará, investiga três casos de homicídios ocorridos na manhã de…
Assaltante de van morre após troca de tiros com a PM

Assaltante de van morre após troca de tiros com a PM

Após participar do assalto a van e do roubo de uma motocicleta na tarde de sábado (31), um homem, que…