Correio de Carajás

Diogão foi morto por disputa em área de mineração

A Polícia Civil do Pará divulgou na tarde desta quinta-feira (28) ter cumprido oito mandados de prisão – sete preventivas e uma temporária – durante a Operação Tora Bora, deflagrada pela manhã em Belém, Marabá, Parauapebas, Afuá e Tucuruí, no Pará, e em Açailândia e Imperatriz, no Maranhão.

Conforme divulgou o Correio de Carajás pela manhã, a ação atuou em busca dos envolvidos na morte de Diogo Sampaio de Souza, o Diogão, de 38 anos, registrada em setembro de 2020 na Orla Sebastião Miranda, em Marabá. Dentre os presos, apurou a reportagem, está o policial militar Diego Silva, do Grupo Tático Operacional (GTO). Os presos estão sendo conduzidos à capital do Pará, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil cumpriu, ainda, 10 mandados de busca e apreensão contra seis alvos e as investigações apontam que os presos estão envolvidos diretamente na ação criminosa, tendo sido recolhidos mandante, motorista, executor, responsável por monitorar a vítima e intermediadores da logística.

Leia mais:

Segundo a Policia Civil, a motivação do crime foi discordância e disputas por áreas de mineração entre a vítima e o mandante do crime, uma vez que ambos possuíam empresa mineradora em áreas próximas. As investigações apontaram que o mandante, que já havia sido sócio da vítima, ofereceu e pagou recompensa pelo homicídio contra Diogo.

Foram apreendidos, durante a operação, uma pistola glock calibre ponto 40, espingarda calibre 12, revolver calibre 22, pistola PT100, pistola G2C, além de munições, equipamentos eletrônicos, documentações e uma porção de maconha.

O homicídio foi registrado em vídeo no ano passado no início da noite, horário onde o fluxo de pessoas e de veículos é intenso no local do crime. O atirador estava em um Fiat Way branco e atingiu dois disparos na vítima. Antes disso, em 2011, Diogão já tinha sofrido um atentado à bala em uma barbearia na Folha 16, na Nova Marabá. À época, foi alvejado com cinco tiros. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

Suspeito de tráfico puxa arma contra a PM e morre

Suspeito de tráfico puxa arma contra a PM e morre

Gustavo Santos Barros, o Guga, morreu na manhã desta sexta-feira (1º) durante intervenção policial registrada em Parauapebas. Conforme informações registradas…
“Índio” vai preso após tocar o terror na Vila Pau Seco

“Índio” vai preso após tocar o terror na Vila Pau Seco

Na tarde de quinta-feira, 30, uma guarnição de Polícia Militar lotada no bairro Morada Nova, prendeu Ademar Andrade Gomes, conhecido…
Motorista de aplicativo é executado após receber áudio

Motorista de aplicativo é executado após receber áudio

O motorista de aplicativo Kenede Anderson da Silva Campos foi executado a tiros na noite desta quinta-feira (30), em Parauapebas,…
Picape que atropelou Wandalla Keline já está em posse da polícia

Picape que atropelou Wandalla Keline já está em posse da polícia

O carro que atropelou Wandalla Keline Carvalho de Matos foi entregue para a Polícia Civil de Marabá na tarde de…
Desafeto entre vizinhas termina com uma morta em bar

Desafeto entre vizinhas termina com uma morta em bar

Forças policiais de Parauapebas tentam localizar Delzila de Sousa, de 38 anos, e o companheiro dela, identificado até o momento…
Homem é pego com seis petecas de crack na Vila do Rato

Homem é pego com seis petecas de crack na Vila do Rato

Um homem identificado como Antoniel Pinheiro da Cruz foi preso pela Companhia Independente de Missões Especiais (CIME) na noite de…