Correio de Carajás

Operação prende suspeitos de assassinato filmado na orla de marabá

DIOGÃO

Crime na orla de Marabá foi registrado em vídeo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Duas pessoas foram presas em Parauapebas e uma em Marabá nesta quinta-feira (28) suspeitas de envolvimento da morte de Diogo Sampaio de Souza, de 38 anos, o Diogão, vítima de um dos assassinatos de maior repercussão ocorridos no sudeste do Pará no ano passado. Mandados de prisão e de busca e apreensão estão sendo cumpridos por equipes da Polícia Civil de Belém.

Até o momento, não foram informados detalhes da operação, tampouco a identificação das pessoas presas.

Policiais de Belém desembarcaram em Parauapebas para cumprimento de mandados

No dia 22 de setembro de 2020, Diogão foi assassinado na Avenida Getúlio Vargas, pertinho da Orla Sebastião Miranda, no início da noite, horário onde o fluxo de pessoas e de veículos é intenso no local.

Leia mais:

Além da grande concentração de pessoas no local, a ação criminosa foi flagrada por câmeras de segurança. O pistoleiro estava em um Fiat Way branco, parado do outro lado da rua, entre 12 e 14 metros de distância do alvo.

As imagens mostram o momento exato do crime, mas não há registro de estampido, não há sinal de faísca produzida pelo disparo e tampouco o cano da arma é vislumbrado.

Vários elementos estão em cena no momento em que o pistoleiro executa a ação. Um carro está passando pela rua, quase se posicionando entre o atirador e Diogão, assim como um lavador de carros também cruza o percurso da bala com um balde em mãos.

Em pé, a vítima conversava com um casal de idosos, mas apenas ela foi atingida. O baleamento ocorre às 18h16min e 23 segundos, sendo que cinco segundos depois o Fiat com o pistoleiro arranca do local.

Diogão morreu aos 38 anos

A necropsia do Instituto Médico Legal (IML) revelou que foram efetuados dois tiros que atingiram as costas da vítima, praticamente no mesmo ponto.

Em 2011, Diogão já tinha sofrido um atentado a bala, em uma barbearia na Folha 16, na Nova Marabá. À época, ele foi alvejado com cinco tiros, mas sobreviveu.

No dia da morte, o homem, que possuía porte de arma, estava armado, o que não foi o bastante para protegê-lo.

Mais informações ao longo do dia. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

Vítima recebe ligação informando onde está sua moto roubada

Vítima recebe ligação informando onde está sua moto roubada

Um caso curioso teve início no último domingo (5), com um assalto a mão armada contra Marcilene Siqueira do Santos,…
Acusado de matar ex-namorada é condenado a 23 anos de prisão

Acusado de matar ex-namorada é condenado a 23 anos de prisão

Cassiano Araújo Silva, de 32 anos, acusado do assassinato da ex-namorada, a adolescente Kesia Alves Bezerra, de 17 anos, recebeu…
Carreta tomba na PA-287, motorista morre e populares saqueiam carga

Carreta tomba na PA-287, motorista morre e populares saqueiam carga

Uma carreta com carregamento de hortifrúti tombou na Rodovia PA-287, entre Redenção e Conceição do Araguaia, sul do Pará. O…
Idoso é sequestrado em São João e libertado em Marabá 8 horas depois

Idoso é sequestrado em São João e libertado em Marabá 8 horas depois

Raimundo Nonato Cruz, de 66 anos, foi sequestrado por volta das 13 horas desta terça-feira (7). O idoso estava em…
Assassinado na VS-10 é identificado

Assassinado na VS-10 é identificado

Foi identificado o homem morto nesta segunda-feira (6) na divisa entre os bairros São Lucas II e Morada Nova, no…
Homem é preso por agressão à companheira

Homem é preso por agressão à companheira

Na noite desta segunda-feira (6), a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica registrada no Vale…