Correio de Carajás

Corpo de agente da PF é resgatado no Rio Uruará

Pedaços da viatura foram encontrados primeiro perto de um dos pilares da ponte/ Fotos: Divulgação

MORTO EM MISSÃO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Conforme divulgado na última edição do Correio, uma viatura com três agentes caiu na ponte, dois escaparam, mas um ficou preso no veículo e morreu

O corpo do agente da Polícia Federal, Felipe Freitas Custódio, foi resgatado no início de tarde de terça-feira (1º) no Rio Uruará perto de um dos pilares da ponte em que a viatura em que ele viajava caiu na tarde de segunda-feira (31). O acidente se registrou no Km 160 da BR-230, a Transamazônica, perto do perímetro urbano de Uruará. Felipe voltava de missão com mais dois colegas: um deles sofreu ferimentos leves e o outro teve fratura no fêmur e terá de ser submetido a cirurgia.

Agente Felipe morreu quando voltava de uma missão em Santarém

O cadáver do agente foi encontrado por bombeiros que faziam as buscas na área e encontraram primeiro um pedaço da viatura. Logo depois o corpo foi achado preso às ferragens da caminhonete perto de um dos pilares. Os três agentes voltavam de uma missão em Santarém e tinha como destino a cidade de Altamira.

O local onde aconteceu o acidente é considerado muito perigoso por dois fatores: o primeiro é que aquele trecho da rodovia não é asfaltado e o segundo motivo é que a ponte não dispõe de barras de proteção lateral. Além disso, o local é muito fundo, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

Leia mais:

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML), de Altamira, a 160 km do local do acidente, foi até o sítio dos acontecimentos para fazer a remoção do corpo e a posterior necropsia, para a liberação do corpo aos familiares, o que ocorreu nesta quarta-feira (2). Um inquérito policial deve investigar as causas do acidente fatal.

A Polícia Federal divulgou uma nota de pesar, lamentando a morte do agente e elogiando sua atuação na instituição, onde ele era considerado um policial de grande capacidade analítica. Felipe era responsável pelos levantamentos e investigação que levaram à desarticulação de uma organização criminosa que atuava com tráfico internacional de peixes ornamentais, passando pelo aeroporto de Altamira, onde ocorreram várias apreensões.

(Chagas Filho)

Comentários

Mais

Acusado de tentativa de homicídio é preso com faca na cintura

Acusado de tentativa de homicídio é preso com faca na cintura

José Maria Sousa Vieira foi preso na tarde desta segunda-feira (21) na Rua Sol Poente, no Bairro Rio Verde, acusado…
PM de Tailândia desmonta fábrica de armas

PM de Tailândia desmonta fábrica de armas

Homens da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar do município de Tailândia, na região nordeste paraense, fecharam uma fabriqueta de…
SEFA apreende mais de 4 toneladas de açúcar

SEFA apreende mais de 4 toneladas de açúcar

Uma carreta com 4,5 toneladas de açucar sem documentação fiscal foi apreendida na Coordenação de Mercadorias em Trânsito de Carajás,…
Servidor será exonerado após acidente fatal com caminhonete da prefeitura

Servidor será exonerado após acidente fatal com caminhonete da prefeitura

A Prefeitura de Parauapebas informou na manhã desta terça-feira (22), via assessoria de comunicação, que está em andamento o processo…
Preso por dirigir bêbado se mata dentro de cela

Preso por dirigir bêbado se mata dentro de cela

A Polícia Civil confirmou nesta segunda-feira (21) que está investigando o caso do corpo de nº 386/21, que deu entrada…
Homem vai preso após bater na mãe e estuprar a enteada na Vila União

Homem vai preso após bater na mãe e estuprar a enteada na Vila União

Por volta das 15h30 desta segunda-feira (21), Natanael Rodrigues da Silva foi preso depois de agredir fisicamente sua companheira e…