Correio de Carajás

Caso Ravyla: menina é encontrada morta com sinais de tortura em zona rural de Viseu

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A menina Ravyla de Sousa, de 10 anos, foi encontrada morta, no final da manhã desta sexta-feira, 25, em uma área rural do municipio de Viseu, chamada Porto Grande. Informações preliminares dão conta que a criança estava com sinais de abuso sexual e tortura. Segundo testemunhas, o corpo de Ravyla foi encontrado por populares que viram uma estranha movimentação de urubus na area onde a menina foi localizada.

A informação ainda segundo testemunhas, o corpo da menor estava em avançado estado de decomposição. O núcleo Avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Bragança acionado para perícia de local de crime e remoção do corpo da criança.

O homem suspeito ter sequestrado e matado a criança, segue sendo procurado pela policia que já tem informações sobre o possível paradeiro do homem, que estaria na região bragantina. A Policia Civil afirma que prisão de acusado pode ser feita nas proximas horas horas. (Roma News)

Leia mais:
Comentários

Mais

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Uma ocorrência em residência do Bairro Beira Rio, em Parauapebas, nesta quinta-feira (14) resultou na prisão de Risomar Raimundo Oliveira,…
Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

O idoso Albertino Pereira Gomes, 62 anos, foi baleado ao tentar entregar o celular durante um assalto. Segundo testemunhas, ele…
Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Durante a noite desta quarta-feira (13), cerca de dez a quinze disparos foram ouvidos no Bairro Liberdade, em Parauapebas. O…
Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso na noite de domingo (10), acusado de envolvimento no assassinato do agente da Polícia Federal, Ramon Santos Costa, o…
Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Entre os 2.559 presidiários do Pará, que tiveram o direito à saída temporária dos Dia dos Pais, pelo menos dois…
Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Acerto de contas ou vingança. Essas são duas das hipóteses sobre os motivos que levaram dois homens a assassinar o…