Correio de Carajás

Carga pesada

E o Departamento de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), assim como o departamento de postura de Marabá seguem fazendo vista grossa para o tráfego de carretas pesadas dentro dos bairros, na área urbana da cidade. Em todos os municípios médios e grandes do país essa movimentação é proibida, por um motivo simples e óbvio: o peso desses veículos compromete o asfalto das ruas, algumas das quais sequer têm espaço para eles manobrarem. Também carregam a fiação, vez por outra, quando não têm de subir em meio-fio e calçadas, o que também destrói esses espaços. O correto é a limitação do tráfego deles pelas rodovias, até as docas das empresas a que atendem e, de lá, que a carga seja repassada para caminhões menores na distribuição.

Comentários