Correio de Carajás

Audiência pública debate as Diretrizes Orçamentárias para 2022

Audiência Pública foi realizada no Plenarinho da Câmara Municipal de Marabá na manhã desta terça (22)/ Foto: Evangelista Rocha
Audiência Pública foi realizada no Plenarinho da Câmara Municipal de Marabá na manhã desta terça (22)/ Foto: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na manhã desta terça-feira, 22, uma audiência pública foi realizada no auditório do Plenarinho da Câmara Municipal de Marabá para tratar sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

A referida lei é elaborada anualmente e tem como objetivo apontar as prioridades do governo para o próximo ano, estabelecendo metas fiscais e apontando os riscos que poderão ou não afetar as contas públicas para os próximos quatro anos.

“A LDO é o elo entre o Planejamento Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA). Ela é uma lei ordinária e cria todos os mecanismos para o orçamento”, explica Karam El Hajjar, secretário de Planejamento de Marabá.

Leia mais:
ordinária e cria todos os mecanismos para a o orçamento”, explica Karam El Hajjar/ Foto: Evangelista Rocha
“LDO é uma lei ordinária e cria todos os mecanismos para a o orçamento”, explica Karam El Hajjar/ Foto: Evangelista Rocha

Segundo ele, o PPA está em construção, já que deve ser executado sempre no primeiro ano de cada governo. O prazo para encaminhar o planejamento à Câmara é até o dia 30 de agosto de 2021. “Estamos trabalhando na construção do PPA com todas as secretarias e com o planejamento de cada uma. Após isso, começaremos a LOA”, explica.

A população pode participar do Planejamento Plurianual dando sugestões através de um link de uma consulta pública disponível no site da Prefeitura Municipal de Marabá. “É extremamente importante a participação popular em todos os processos”, finaliza.

Ao fazer o uso da palavra, a vereadora Vanda Américo, presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos da Câmara Municipal, também falou sobre a importância da presença da população nesse momento. “A sociedade pode e deve contribuir apresentando ideias. Nesse momento a gente consegue perceber claramente que em 2021 o orçamento foi R$ 1.080 bilhão e para 2022 cresceu menos de 5%. Isso acontece porque não temos investimento federal, faltam convênios. Precisamos trabalhar para que isso avance, e a LDO é essa diretriz que apresenta os investimentos para 2022”.

Vanda Américo explica que a LDO 2022 está montada para dar continuidade na infraestrutura que a cidade vem recebendo ao longo dos últimos anos.

“Tem gente que acha que a cidade já tem muita praça e muita rua pavimentada, mas não, nosso município é muito grande. Precisamos de saneamento básico, mais escolas e unidades básicas de saúde. Tem muita coisa interessante que pode ser programada na LDO”.

Após a audiência pública, próximo passo é a votação. Os vereadores devem se reunir ainda esta semana em uma votação extraordinária para analisar e aprovar a LDO 2022.

Durante a audiência pública, a equipe do CORREIO conversou com Francisca Elisângela Lima, que falou sobre a importância da Lei e por isso fez questão de estar presente.

Francisca Elisângela esteve na audiência pública e afirmou que esse é um momento importante para o município/ Foto: Evangelista Rocha
Francisca Elisângela esteve na audiência pública e afirmou que esse é um momento importante para o município/ Foto: Evangelista Rocha

“É aqui que vai ser discutido o futuro orçamentário para os próximos anos. Por isso é importante que as pessoas participem. Afinal de contas, as metas serão decididas aqui nesse momento. A comunidade deveria se fazer presente”.

Elisângela avalia que muitas vezes as audiências públicas têm pouca participação popular por falta de divulgação. “Acredito que em várias ocasiões a comunidade não tem conhecimento das audiências, além de não saberem da sua importância”, lamenta. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

Vereadora Vanda se licencia da Câmara e Badeco assumirá em seu lugar

Vereadora Vanda se licencia da Câmara e Badeco assumirá em seu lugar

Na sessão ordinária desta terça-feira, 3, foi lida, em Plenário, uma “Carta ao povo de Marabá”, em que a vereadora…
Grupamento de Bombeiros em Marabá tem novo comandante

Grupamento de Bombeiros em Marabá tem novo comandante

O major QOBM Felipe Galúcio de Souza, de 45 anos, é o novo comandante do 5º Grupamento de Bombeiros Militar…
Bike adaptada leva Eric e a família para a Orla

Bike adaptada leva Eric e a família para a Orla

Aos 21 anos, Eric Fernandes Silva Souza integra o grupo de pedal Brutas e Cia MBA, juntamente com a mãe,…
A “magrela” que transforma vidas em Marabá

A “magrela” que transforma vidas em Marabá

Marabá ganhou um presente neste verão. É a uma ciclofaixa de cerca de 9 quilômetros, que vai do Km 6,…
MPPA firma TAC com Itupiranga para realização de concurso público

MPPA firma TAC com Itupiranga para realização de concurso público

Nesta sexta-feira (30), a Promotoria de Justiça de Itupiranga firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Município.…
Pará chega a 572.520 casos de Covid-19 e 16.058 mortes

Pará chega a 572.520 casos de Covid-19 e 16.058 mortes

O Pará registra neste segunda-feira (2) um total de 572.520 casos de Covid-19 e 16.058 mortes desde o início da…