Atletas conquistaram 30 medalhas na competição estadual
Atletas conquistaram 30 medalhas na competição estadual/ Fotos: Divulgação
Ads

Os atletas marabaenses fizeram história na XII Edição dos Jogos Estudantis Paralímpicos do Pará, realizado no início de agosto, em Belém. Dezesseis estudantes da rede municipal, estadual e particular de Marabá, com idades de 12 a 17 anos, conquistaram 30 medalhas na competição.

Ads

O objetivo do evento foi propiciar a inserção social e melhoria da qualidade de vida. Além das provas de atletismo outras modalidades foram disputadas em outros três locais na capital e Ananindeua: bocha, natação, judô, tênis de mesa, parabadminton, vôlei sentado e futebol PC. Na oportunidade, também foram ofertados cursos e oficinas de arbitragem.

De acordo com o professor de Educação Física da rede estadual, Arionaldo Borges Reis, juntamente com a professora Luiza Crisóstomo, as modalidades disputadas pelos alunos foram: atletismo, bocha, natação e tênis de mesa. Das 30 medalhas, 25 foram conquistas do primeiro lugar e 5 no segundo.

PROJETO

Os atletas fazem parte do “Marabá Paralímpica”, idealizado pelo próprio professor, e vinham treinando para a competição desde o início do ano. O projeto é originário da Secretaria de Educação do Estado (Semed), com o transporte dos alunos no ônibus escolar, mão de obra de professores da rede e estagiários, além de outros suportes relacionados a viagens para competições e documentações.

MEDALHISTAS

O estudante Alexandre Cunha Vieira foi um dos grandes destaques da competição. Ele conquistou 4 medalhas na natação: 25 metros livre, costas, nado borboleta e de peito. Outro destaque na disputa foi o atleta Odiney Carneiro Mesquita, aluno na escola Pequeno Príncipe. Ele abocanhou 3 medalhas: 100 metros rasos, 400 metros e no salto em distância.

Quem garantiu o primeiro lugar no tênis de mesa foi o atleta Rodrigo Barros da Silva, aluno da Escola Geraldo Veloso. Já Jheimesson Feitosa da Silva, da Escola Darcy Ribeiro, e Kamilly Cristini Reis dos Santos, da Escola Heloísa de Souza Castro, garantiram os primeiros lugares da modalidade Bocha Paralimpica, nas categorias B e A, respectivamente.

A delegação de Marabá foi composta por 16 alunos divididos nas modalidades de atletismo (4 meninas e 4 meninos), bocha (1 menina e 1 menino), natação (5 meninos), tênis de mesa (1 menino).

PLANEJAMENTO

Segundo Ari, após as conquistas no Estado, agora é hora de se preparar para disputar vagas nas competições nacionais. “A ideia é conquistar vaga nas Paralímpiadas Escolares deste ano, que acontecerá em de 18 a 23 de novembro, na cidade de São Paulo”, planeja o docente.

As Paralimpíadas Escolares tiveram a sua primeira edição em 2009. Este é o maior evento mundial para crianças com deficiência em idade escolar. A finalidade da competição é estimular a participação dos estudantes com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as escolas do território nacional, promovendo ampla mobilização em torno do esporte.

(Karine Sued)

Ads