Correio de Carajás

Agricultores querem tornar Bom Jesus referência na produção de farinha

Produtores se dedicam em capacitações para qualidade da farinha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Nos últimos três anos, a comunidade de Bacabal, próxima a estrada de Ferro Carajás, na zona rural do município de Bom Jesus do Tocantins, vem ampliando sua produção de farinha. Em 2018, eram 40 a 50 sacos por hectare e hoje são produzidos 82 sacos.

O avanço veio por meio da capacitação e a adoção de técnicas no plantio como parte de projeto criado pela associação de produtores local e que conta com o apoio da Vale e Prefeitura. O projeto Mandiocultura assegurou ainda consultoria de especialistas de Bragança, hoje modelo regional de farinha de qualidade no Estado. Agora a expectativa do grupo é tornar Bom Jesus referência no sudeste do Pará pela qualidade e variedade do seu produto.

Atualmente 25 famílias vivem dessa produção em Bacabal. Com a melhoria da qualidade, diversificação e trabalho árduo, o resultado deve se refletir também na renda do produtor. A Associação calcula que o valor das vendas deverá dobrar. “Ao agregar valor ao produto e qualidade deve melhorar a renda dos nossos produtores. Nós temos um valor por saco de farinha, hoje estimado em R$ 250,00 a R$ 300,00 e podemos avançar para R$ 500,00 a R$ 600,00”, diz o tesoureiro da Associação dos Mini e Pequenos Produtores Rurais de Bacabal, Fabio Soares.

Leia mais:

Uma das apostas para alcançar esse objetivo está na capacitação. “O objetivo da associação é esse, capacitar nossos produtores para produzir uma farinha de qualidade. É tentar inserir o município de Bom Jesus na rota da farinha. Nós não temos uma referência na região sul e sudeste. Hoje nossa referência é Bragança, Castanhal que são setores do norte do Pará. Então nosso objetivo é alavancar o nosso município quanto a produção de farinha de qualidade”, conta Fabio.

Por meio do projeto, a Associação recebeu com o apoio da Vale, capacitação e assessoria técnica para análise do solo, mecanização, adubação, uso de herbicidas de forma consciente, capina de acordo com as plantas cultivadas entre outros. Além da consultoria da equipe de Bragança. “Estamos muito felizes com o resultado, cerca de 25 famílias concluíram o curso e estão tendo melhor aproveitamento de renda, trouxemos profissionais de Bragança e tudo isso enriquece”, diz o gerente de Relacionamento com Comunidades da Vale, Edivaldo Braga.

O chefe do escritório local da Emater, Fernando Araujo acredita que a produção de Bacabal pode fortalecer Bom Jesus. “A gente sabe que o processamento de farinha é difícil de se fazer, a comunidade já tem grande quantidade de mandioca plantada, já produz farinha há muito tempo e agora com esse curso, vai ser um diferencial para ela colocar essa farinha no mercado e trazer renda para o agricultor, que tanto precisa e desenvolver mais ainda o município de Bom Jesus do Tocantins”.

Entre os novos produtos estarão, além da farinha, a farinha lavada, tapioca e a farinha de coco. “Eu estou aprendendo técnicas que eu não sabia, eu perdia muita coisa, agora eu já sei que a gente pode reaproveitar tudo, diz uma das produtoras. “Foi um curso para que pudéssemos ter melhoria, qualidade na nossa farinha. Na prática e na técnica se teve oportunidade de aprender. Agradecer a parceria da Vale e Prefeitura, diz o presidente da Associação, Rivelino Santos.

Para Hortência Osaqui, técnica da consultoria Fazenda Bacuri, da região de Bragança, a comunidade tem potencial para produzir mais com menos. “Nosso trabalho aqui com os produtores rurais da comunidade de Bacabal é fazer uma transferência de conhecimento, de tecnologia social e ambiental, porque a nossa região é uma referência na produção de farinha e para que as pessoas possam entender que com pouco a gente pode fazer muito”. (Ascom/Vale)

Comentários

Mais

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

A 13ª Promotoria de Justiça de Justiça de Marabá firmou no último dia 9 de junho, Termo de Ajuste de Conduta com…
MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

O Ministério Público Federal (MPF) expediu nesta terça-feira (15) recomendações ao município de Eldorado dos Carajás, no sudeste do Pará,…
SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

Cem dias após o Brasil autorizar a compra e doação de vacinas ao SUS pelo setor privado, nenhuma dose foi…
Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

As vacinas russas contra a Covid-19, a Sputnik V, serão entregues ao Brasil no mês de julho, conforme o governador…
PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

Foi aprovado em Sessão Ordinária da Câmara dos Vereadores de Parauapebas nesta terça-feira (15) um projeto de lei que prevê…
Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu hoje (15) que vai prorrogar por mais três meses a proibição de…