Correio de Carajás

Acusado de pistolagem é morto na Vila Santana

Cleiton foi atingido com seis tiros e morreu na hora, entre as prateleiras do comércio

A TIROS

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O autor do crime chegou de carro ao estabelecimento comercial onde a vítima fazia compras, na rua principal da vila, e mandou bala em plena luz do dia

Por volta das 10h30 da manhã de ontem, quarta-feira (12), Cleiton Lucena de Lima, de 40 anos, foi assassinado a tiros dentro de um estabelecimento comercial na Vila Santana, zona rural de São Domingos do Araguaia. Ele era investigado por pelo menos seis assassinatos, cinco no Estado do Ceará e um no município de Itupiranga.

De acordo com informações da Polícia Civil, Cleiton foi executado no instante em que estava fazenda compras no comércio localizado na rua Dioniso Rocha (a chamada rua principal). De imediato a equipe da Polícia Civil de São Domingos se deslocou para o local do crime e nos levantamentos iniciais descobriu que o autor do assassinato estava em um veículo VW Gol de cor branca. Segundo apurou a polícia, o criminoso desceu do veículo e efetuou aproximadamente seis disparos na vítima.

Em conversa com a esposa de Cleiton, os policiais descobriram que ele havia sido acusado de um homicídio no estado do Ceará e tinha sido absolvido, sendo a vítima residente no município de Brejo Grande do Araguaia. Por outro lado, em consulta nos sistemas policiais, foi descoberto que a vítima possuía outras passagens policiais no estado do Ceará.

Leia mais:

Pesquisando um pouco mais a fundo a vida pregressa de Cleiton, a reportagem apurou que ele responde por pelo menos cinco assassinatos no Estado do Ceará, notadamente na cidade de Morada Nova. Todo esse rosário de crimes veio à tona quando ele foi preso, em Marabá, no ano de 2011, pelo Departamento de Inteligência Policial (DIP) do Ceará. Na época ele usava o nome falso de Neto Rodrigues Saldanha. Mas não é só isso.

Cleiton, também conhecido como “Carlão”, é apontado como participante do homicídio do gerente do Banco do Brasil de Itupiranga, Márcio Vinícius Aranha de Souza, cujo corpo foi encontrado nas margens da Transamazônica, no Km 180, na altura do município de Novo Repartimento. (Chagas Filho e Evangelista Rocha)

 

Comentários

Mais

Acusado de tentativa de homicídio é preso com faca na cintura

Acusado de tentativa de homicídio é preso com faca na cintura

José Maria Sousa Vieira foi preso na tarde desta segunda-feira (21) na Rua Sol Poente, no Bairro Rio Verde, acusado…
PM de Tailândia desmonta fábrica de armas

PM de Tailândia desmonta fábrica de armas

Homens da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar do município de Tailândia, na região nordeste paraense, fecharam uma fabriqueta de…
SEFA apreende mais de 4 toneladas de açúcar

SEFA apreende mais de 4 toneladas de açúcar

Uma carreta com 4,5 toneladas de açucar sem documentação fiscal foi apreendida na Coordenação de Mercadorias em Trânsito de Carajás,…
Servidor será exonerado após acidente fatal com caminhonete da prefeitura

Servidor será exonerado após acidente fatal com caminhonete da prefeitura

A Prefeitura de Parauapebas informou na manhã desta terça-feira (22), via assessoria de comunicação, que está em andamento o processo…
Preso por dirigir bêbado se mata dentro de cela

Preso por dirigir bêbado se mata dentro de cela

A Polícia Civil confirmou nesta segunda-feira (21) que está investigando o caso do corpo de nº 386/21, que deu entrada…
Homem vai preso após bater na mãe e estuprar a enteada na Vila União

Homem vai preso após bater na mãe e estuprar a enteada na Vila União

Por volta das 15h30 desta segunda-feira (21), Natanael Rodrigues da Silva foi preso depois de agredir fisicamente sua companheira e…