Correio de Carajás

Vila militar: Esposa de oficial do Exército morre por arma de fogo

Vila Militar Castelo Branco, em Marabá, e a vítima: Maura Dubal
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ainda em mistério as circunstâncias da morte da esposa de um oficial do Exército em sua casa, na Vila Militar Castelo Branco, na tarde de sábado (4). A vítima é Maura Dubal Martins, de 47 anos. Em nota divulgada pela Seção de Comunicação da 23ª Brigada, não é citado o nome dela e nem do esposo, mas o portal levantou que se trata do comandante do 23º Batalhão Logístico de Selva (BLog), tenente-coronel Andreos Souza.

Na Delegacia de Polícia, consta que Maura guardou compras feitas numa padaria e foi ao quarto por volta do meio dia. Os três filhos estavam em seus próprios aposentos e o marido na sala, mexendo no celular, quando ouviu o barulho de tiro. Ele e um dos filhos correram ao local e encontraram Maura caída ao chão e sangrando pela cabeça. Pediram ajuda de vizinhos, que chegaram em seguida.

O próprio Andreos, percebendo que a esposa ainda respirava, a colocou no carro e levou ao Hospital de Guarnição (HGUmba), que fica ali perto. De lá, a paciente foi transferida de ambulância ao Hospital da Unimed, na Cidade Nova, onde teria suporte de UTI e cirurgiões. Apesar disso, Maura não resistiu e morreu.

Leia mais:

Foi o próprio marido que registrou Boletim de Ocorrência, com o relato dos fatos e disse considerar que foi um suicídio, praticado com uma das três armas que ele possui em casa. Uma delas é uma Taurus PT 24/7 9mm que estava sobre a cama. Mas o armamento usado era outro, que estaria guardado numa mochila antes do incidente. O oficial disse, ainda, que a esposa tinha “problemas psiquiátricos”, e que iniciou tratamento em setembro de 2019 e, além disso, tomava remédios controlados.

A nota do Comando da Brigada também fala em “suicídio”. Caberá, no entanto, às autoridades da Polícia Civil e relato do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves a especificação da causa da morte e circunstâncias.

Leia a nota do Exército:

“O Comando da 23ª Brigada de Infantaria de Selva lamenta informar que faleceu, na tarde de hoje, a esposa de militar do 23º B Log Sl. A dependente estava em sua residência, na Vila Militar Castelo Branco, quando cometeu suicídio. Foi evacuada para o Hospital Militar, mas não resistiu. Além dos procedimentos tomados pela Polícia Civil, será instaurado um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias que envolveram o fato. Todo apoio à família está sendo dado por este Comando, que se solidariza nesse momento de pesar”.

(Reportagem: Josseli Carvalho / Texto: da Redação)

Mais

Acusado de homicídio e mais um são baleados em Parauapebas

Acusado de homicídio e mais um são baleados em Parauapebas

Ronaldo Oliveira Melo, conhecido como De Menor, e Antônio Carvalho de Souza estão internados no Hospital Municipal de Parauapebas após…
Em Eldorado, homem morre com golpes de faca no pescoço

Em Eldorado, homem morre com golpes de faca no pescoço

Um homem foi morto na Rua 2, no centro de Eldorado do Carajás, na noite deste sábado (8). Lucas da…
Foi buscar mulher na festa e acabou assassinado

Foi buscar mulher na festa e acabou assassinado

Morreu aos 19 anos de idade o jovem Weliton de Lima Souza. A Polícia Civil de Goianésia do Pará identificou…
Polícia do MA pega suspeito de homicídio em Rondon

Polícia do MA pega suspeito de homicídio em Rondon

Durante toda esta sexta-feira (7), o delegado Thiago Santos, de Rondon do Pará, esteve apurando uma situação que ocorreu em…
Homem é preso vendendo baterias de R$ 16 mil por R$ 700

Homem é preso vendendo baterias de R$ 16 mil por R$ 700

Um homem foi preso na noite de sexta-feira (7) ao ser flagrado negociando três baterias furtadas na mineradora Vale. A…
Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

O pedreiro Gerson da Silva Santos, 29 anos, foi morto com seis perfurações de arma branca, sendo cinco na região…