Correio de Carajás

Viatura do DMTU é depredada por motorista de transporte clandestino

Viatura do DMTU foi depredada por um motorista de transporte clandestino e sem habilitação/ Foto: Divulgação DMTU
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No último sábado (6), por volta das 9 horas, uma viatura do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) foi depredada por Rodrigo Augusto Alves. O caso aconteceu no bairro Araguaia, em Marabá, quando os agentes de trânsito abordaram um veículo que não possuía autorização para realizar o transporte público de passageiro. Rodrigo, então, teria partido com agressividade contra o patrimônio da prefeitura, quebrando os vidros da viatura e desrespeitando os agentes que exerciam seu trabalho.

Evadindo-se do local, a Polícia Civil foi acionada imediatamente, partindo assim, em diligência para tentar capturar o motorista fujão. De acordo com o delegado Vinicius Cardoso, da 21ª Seccional de Marabá, foi aberta uma investigação, onde o suspeito foi identificado e notificado a comparecer na sede policial para fazer seus esclarecimentos.

“Rodrigo confessou os danos à viatura do DMTU e argumentou que está sendo perseguido pelo órgão, mesmo realizando o transporte clandestino de passageiros”, explica o delegado, enfatizando, inclusive, que o cidadão não possui nem mesmo carteira de habilitação.

Leia mais:

O secretário de Segurança Institucional de Marabá, Jair Barata Guimarães, se manifestou sobre o ocorrido através de um vídeo, que foi divulgado nas redes sociais. Nele, Barata mostrou-se bastante indignado e informou que esse crime não ficará impune.

“Iremos entrar com processo civil e criminal. De acordo com a legislação federal, o transporte público deve ser fiscalizado pelo município, desta forma, estamos cumprindo nosso dever constitucional. Contamos com o apoio das Polícias Civil e Militar para que, juntos, possamos combater esse tipo de abuso contra o patrimônio público”, finaliza o secretário.

A Reportagem do CORREIO não conseguiu contato com Rodrigo Alves para ouvir sua versão dos fatos.

Atualmente, os únicos meios de transportes público legalizados em Marabá são os taxistas, motoristas de taxi-lotação, mototaxistas e mais recentemente, motoristas por aplicativos. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

Polícia Civil destrói 3 mil pés de maconha em Novo Repartimento

Polícia Civil destrói 3 mil pés de maconha em Novo Repartimento

Três pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Civil de Novo Repartimento, suspeitas de cultivar uma plantação de maconha com…
PM prende traficante na Folha 22 com um quilo de maconha

PM prende traficante na Folha 22 com um quilo de maconha

Na tarde desta quinta-feira (29), militares da Companhia Independente de Missões Especiais (CIME), com informações do Disque Denúncia, foram informados…
Homem é preso por tráfico e homicídio e irmã menor de idade é apreendida

Homem é preso por tráfico e homicídio e irmã menor de idade é apreendida

Acusado de tráfico de drogas e homicídio qualificado, Wenderson Brito Lopes, vulgo “Brou”, foi preso na manhã desta quarta-feira, 28,…
Postos de combustível foram autuados por envolvimento com garimpo ilegal

Postos de combustível foram autuados por envolvimento com garimpo ilegal

Dando prosseguimento à Operação Samaúma, dois postos de combustível foram fiscalizados e autuados por abastecer infratores ambientais que trabalhavam, principalmente,…
Traficante oferece R$ 10 mil para não ser preso

Traficante oferece R$ 10 mil para não ser preso

Jardel Oliveira da Silva, de 35 anos, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas na noite desta quarta-feira (28)…
Acusados de executar vítima dentro de ambulância são presos

Acusados de executar vítima dentro de ambulância são presos

Jacienni Bispo Santos, 44 anos, e Maykon Sousa de Melo, 33 anos, foram presos nesta quarta-feira, 28, após a Delegacia…